A espera de Omar, partidos cozinham conversas

O cenário ‘eleições 2020’ de Americana segue indefinido. Um dos principais grupos – o PSDB – ainda não definiu seu candidato e o prefeito da cidade, Omar Najar (MDB), não divulgou qual dos pré-candidatos terá o seu apoio. O silêncio de Omar faz com que a maioria dos grupos não ‘batam o martelo’, mas nos bastidores a esperança ainda toma conta de receber o tão esperado apoio do prefeito e emplacar a cadeira do executivo.

RENOVAÇÃO. As eleições de 2016 – que renovou 80% da câmara municipal – deve refletir este ano na disputa pela cadeira de prefeito da cidade e ‘desanimar’ os veteranos. Por outro lado, os novatos podem não ter tanto apoio dos grupos políticos, apesar do gás e popularidade nas ruas. Um contraponto importante, por exemplo, na decisão do próprio PSDB pelo candidato. Vanderlei Macris (PSDB) deve ‘arrastar’ grupos e possivelmente ter o apoio do atual prefeito, mas o gás das ruas está nas mãos de seu filho e vereador mais votado de Americana, Rafael Macris (PSDB), que tem mostrado gosto e jeito no ‘tete a tete’ com a população.

A definição dos tucanos deve acontecer nos próximos 15 dias e o apoio de Omar segue sendo esperado por todos.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE