Políticos de Americana não terão aumento 2021-2024

Os vereadores de Americana votaram nesta terça-feira – em sessão extraordinária – os projetos que fixam os subsídios dos agentes políticos da cidade para o pleito 2021-2024. 
Após grande polêmica pelo aumento proposto – repondo a inflação dos últimos quatro anos – o presidente da casa, Luiz da Rodaben (PP) colocou uma emenda em que congela os valores, ou seja, os agentes políticos receberão os mesmos salários pelos próximos quatro anos. A propostas foram aprovadas juntamente com as emendas. 
A discussão foi fervorosa entre alguns vereadores. Padre Sérgio (PT) e Odir Demarchi (PL) disseram que votaram contrário por acreditarem que não é o momento nem de discutir os projetos. Vereadores mais experientes como Alfredo Ondas (MDB), Pedro Peol (PV) e Luiz da Rodaben (PP), explicaram sobre a obrigação de fixar os subsídios. 
A discussão chegou ao ponto do presidente precisar ler a lei orgânica do município e a Constituição Federal. “Estamos tratando desse assunto porque é obrigação. A constituição nos obriga”, disse Rodaben. 
O vereador Kim (MDB) também criticou a posição de alguns vereadores por terem votado contrariamente. “Votar ‘não’ só para fazer bonito, é feio”, disse Kim. 
Os vereadores são obrigados pela Constituição Federal e Lei Orgânica do Município a fixar os subsídios dos agentes políticos da cidade para os próximos quatro anos. Eles devem votar a fixação em até 180 dias antes das eleições. O prazo vence no início de abril. 
As propostas ainda serão votadas em segunda discussão nos próximos dias. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE