Pivô da crise Moro, Valeixo exonerado por Bolsonaro

 Pivô da crise Moro, Valeixo exonerado por Bolsonaro

Pivô da saída ou não do ministro da Justiça Sérgio Moro, o diretor-geral da Polícia Federal Maurício Leite Valeixo foi exonerado  do cargo nesta sexta-feira, 24. Segundo decreto publicado no DOU e assinado pelo presidente da República Jair Bolsonaro e pelo ministro da Justiça Sergio Moro, a exoneração ocorreu a pedido.
Na tarde de quinta-feira, 23, Sergio Moro afirmou que, se a diretoria-geral da PF fosse modificada, pediria demissão da pasta. Valeixo foi escolhido por Moro para o cargo. O atual diretor-geral é homem de confiança de Moro. Desde o ano passado, Bolsonaro tem ameaçado trocar o comando da PF.
O delegado foi superintendente da Polícia Federal no Paraná e coordenou a operação de prisão do ex-presidente Lula. Foi também em sua gestão que foi fechada a delação de Palocci com a PF em Curitiba.

Relacionados

Leave a Reply