Pinterest. ‘Explorar’ mais acessível em app

Hoje, o Pinterest anuncia uma novidade: a ferramenta de busca que estava até então na sessão Explorar vai para a página inicial do seu aplicativo. Como as buscas mensais em celulares aumentaram mais de 40% a cada ano e as buscas visuais aumentaram quase 60% no mesmo período, o Pinterest está tornando o Explorar e a Busca pela Câmera mais acessíveis porque quase 85% das buscas agora ocorrem em dispositivos móveis.

Fazer buscas no Pinterest é diferente de buscar nos motores de busca tradicionais. Na plataforma, as pessoas não estão apenas procurando por informações, estão procurando ideias para tentar em casa (que crescem mais de 35% ao ano), comida (mais de 15% ao ano), beleza (mais de 15% ao ano), e muito mais. De fato, 73% de todo o tráfego de Pinterest vem de consultas de uma a três palavras, e 97% não incluem uma marca. Esse tipo de pesquisa aberta é o que torna o Pinterest único. O usuário não precisa saber o nome de um produto ou quem o fez para descobrir.
Conforme o Pinterest aumenta o foco em ajudar as pessoas por meio da tecnologia a encontrar ideias para experimentar, apresentando recursos de pesquisa visual primeiro, incluindo a Descoberta visual no Samsung Galaxy S8 e a extensão do Google Chrome – sua infraestrutura de pesquisa hoje retorna 20% mais Pins do que no ano passado e oferece quase 4 bilhões de idéias todos os dias.
Assim como a Pesquisa e a Busca pela Câmera se deslocam para a página principal do aplicativo, a plataforma também fez melhorias para tornar essa área mais utilitária. Por exemplo, a infraestrutura agora classifica todas as recomendações em um instante, tornando bilhões de Pins mais personalizados. Desde o início do ano, houve um aumento de 10% no número de Pins salvos na página inicial e um aumento de 30% no número de Pins localizados que aparecem para os usuários de fora dos EUA.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE