PF prende Garotinho e Rosinha no Rio

Os ex-governadores do Rio Anthony Garotinho (PR) e Rosinha Garotinho (PR) e mais sete pessoas foram presos na manhã desta quarta-feira, 22, apontados pelo Ministério Público Eleitoral como suspeitos de crimes de corrupção, concussão, participação em organização criminosa e falsidade na prestação de contas eleitorais.
A Polícia Federal também cumpre dez mandados de busca e apreensão, que incluem operações nas casas dos acusados. Os mandados foram expedidos pela Justiça Eleitoral do município de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, reduto eleitoral do casal. Participam da operação 50 policiais federais nos munícipios do Rio, Campos e São Paulo. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE