Petrobras e Vale melhoram e puxam bolsa

S??O PAULO, 9 Abr (Reuters) – O principal índice da Bovespa encerrou o pregão desta terça-feira em alta, impulsionado pelo comportamento das ações de maior peso Vale e Petrobras, enquanto ações de empresas de Eike Batista tiveram mais um dia de queda, com exceção de LLX. 
O Ibovespa subiu 1,49 por cento, a 55.912 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 8,45 bilhões de reais.

As ações preferenciais da Vale subiram 4,2 por cento, a 34,08 reais, enquanto as da Petrobras ganharam 4,25 por cento, a 18,15 reais. 
“Amanhã tem reunião do Supremo (Tribunal Federal) de novo. Se não der ganho de causa para a Vale, os papéis caem, se der, os papéis explodem”, afirmou Ariovaldo Santos, gerente de renda variável na H.Commcor, em São Paulo. 
O STF retoma nesta quarta-feira o julgamento do caso sobre cobrança de impostos de subsidiárias brasileiras no exterior, que afeta empresas que lucram fora do Brasil por meio de coligadas e controladas.

Santos ressaltou que, com a expectativa de resultado positivo para no julgamento, os papéis da mineradora já acumulam forte alta em uma semana. 
Considerando o fechamento do dia 2 de abril, um dia antes da primeira sessão do julgamento, as ações preferenciais da Vale acumulam ganho de 7 por cento.

Para Petrobras, o catalisador foram os comentários do diretor de Abastecimento, José Carlos Cosenza, de que a estatal reduziu a importação de derivados de petróleo no primeiro trimestre, por conta do aumento do refino para patamares recordes, em um movimento que poderá melhorar o desempenho da divisão de Abastecimento da estatal. 
A presidente da petrolífera, Maria das Graças Foster, afirmou, no mesmo evento com jornalistas, que considera o grupo de Eike como potencial parceiro, por exemplo, para reduzir seus custos a sua necessidade de investimentos em logística. Continuação…

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE