Pesquisa mostra força dos comerciais no Super Bowl

Além de um grande momento esportivo, o Super Bowl é, sem dúvida, um momento notável para o mundo publicitário, já que a audiência, além de abranger os EUA em 50 estados, tem uma forte repercussão global. ?? também por isso o momento ideal de aprendermos com os trabalhos criativos que foram exibidos e que mais engajaram o público. 
Os canais de esporte ganham cada vez mais espaço na grade das TVs pagas. E podem ser vistos nos canais da SKY TV. O marco é tão simbólico que muitas marcas aproveitam para lançar novas campanhas, reposicionar marcas e ???sair do comum???. 
Pensando nisso, a Ipsos realizou um estudo para mapear o impacto emocional dos comerciais televisivos durante o Super Bowl (intervalo mais caro da publicidade mundial), ranqueando os que geraram as maiores reações e engajamento. 
Neste ano, o intervalo do evento ainda foi palco da disputa eleitoral pela presidência norte-americana. Tanto o presidente Donald Trump quanto o candidato democrata Michael Bloomberg apresentaram suas candidaturas no Super Bowl, chegando a gastar US$ 11 milhões (cerca de R$ 47,1 milhões) nos anúncios.
O que a pesquisa da Ipsos constatou é que, apesar de sua pesada estratégica publicitária, o comercial de Bloomberg não impactou o público tanto quanto a propaganda do atual presidente dos EUA. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE