Edit

PDT de Ciro vai atrás de Alckmin

Depois de ter problemas por falta de palanques locais em 2018, o PDT busca um novo de peso para palanque paulista que abrigue em 2022 Ciro Gomes, pré-candidato a presidente da República. O nome da vez é o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, cuja posição ainda depende das prévias do PSDB, que devem acontecer no dia 21  de novembro. Caso Eduardo Leite vença João Doria, os tucanos podem abrir um ‘caminho de volta’ para Alckmin.

 

O partido tem visto como ideal a busca por uma aliança com o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), que está de saída do PSDB, mas ainda sem partido definido. No estado, a ex-vereadora de Americana Giovana Fortunato é atualmente a vice-presidente. Ciro e Alckmin nasceram na mesma cidade no interior de São Paulo, o que fez com que alguns já batizassem a estratégia como a formação do “Império de Pindamonhangaba”.

 

ATÉ BOULOS- Mas os cenários incertos fazem com que haja conversas inclusive com um político oposto a Alckmin, como Guilherme Boulos, que deve disputar o Palácio dos Bandeirantes pelo PSOL.

 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE