PCJ: 28 anos superando os desafios em garantir água às Bacias

Quando o Consórcio Intermunicipal das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ) foi fundado, em 13 de outubro de 1989, os desafios para melhorar o abastecimento e a qualidade da água na região eram tão enormes que poderiam gerar desconfianças quanto ao real sucesso dessas iniciativas de preservação e recuperação.
Mas passados 28 anos de sua fundação, a bagagem que a entidade acumulou de experiências e ações de sucesso são evidentes, e comprovadas pelo número de associados que acreditam em seu trabalho: de 11 municípios fundadores, em 1989, atualmente somos 42 cidades e 29 empresas atuantes e parceiras, firmes no apoio aos projetos do Consórcio PCJ.
Dentre as ações e projetos que podemos destacar como fundamentais para o desenvolvimento do sistema de gerenciamento de recursos hídricos nas Bacias PCJ, com o apoio ou atuação firme do Consórcio PCJ, temos:
·         Implantação das Políticas Estadual e Nacional de Recursos Hídricos, que permitiram a implantação de ferramentas e demais entes do sistema para aprimorar a gestão da água;
·         Incentivo ao tratamento de esgoto, que saltou de 3%, em 1989, para 72%, em 2017 – a melhora do tratamento de efluentes é comprovada pelo retorno da piracema ao Rio Piracicaba e o reenquadramento do Rio Jundiaí, em 2015, o único caso no Brasil;
·         Realização do pioneiro exercício de cobrança pelo uso da água, em 1999, que permitiu a implantação oficial da cobrança, em 2006, ocasionando a redução em 40% do volume de água outorgado, fato que garantiu a sobrevivência da região na crise hídrica de 2014/2015;
·         Plantio de 4,2 milhões de mudas nativas em matas ciliares e nascentes nas Bacias PCJ, ampliando assim a qualidade e quantidade de água;
·         Atuação marcante, durante o processo de renovação das outorgas do Sistema Cantareira, nos anos de 2004 e 2017, com posicionamentos firmes que possibilitaram o compartilhamento de água com a região de São Paulo sem abrir mão de uma vazão mínima de 10m³/s de água durante a estiagem às Bacias PCJ.
·         Sensibilização do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) sobre a necessidade de desburocratizar os processos de licenças, culminando na publicação de uma nova portaria do DAEE desobrigando os municípios a solicitar outorgas para desassoreamento – uma grande conquista para as Bacias PCJ.
O grande segredo do sucesso do Consórcio PCJ foi nunca sair do foco de sua atuação, galgada no “planejamento, fomento e sensibilização”, com posição suprapartidária, prestigiando ações e parcerias de forma solidária e permitindo um fácil acesso e engajamento para contribuição da comunidade em todas as suas atividades. Com isso, o Consórcio PCJ transformou-se no porta-voz das demandas complexas, credenciado para tanto pela sua postura pacífica de gerenciamento de conflitos e construção da sustentabilidade.
O Consórcio PCJ sempre lutou para que os problemas não sejam esquecidos com o passar dos meses, ou seja, reclamações nas cheias ou nas estiagens e esquecimento das ações de conservação da água no dia-a-dia. Tais “lições de casa” são necessárias e imprescindíveis na atualidade por vivenciarmos a ocorrência de eventos climáticos extremos, afetando inclusive a sazonalidade das estações do ano. Prova disso são as recomendações das 22 Metas da Sustentabilidade Hídrica Futura, que a entidade elaborou devido à preocupação com esses fenômenos e os reflexos causados à sensibilização da comunidade.
Os resultados alcançados pelo Consórcio PCJ durante seus 28 anos de história são marcantes não só para o gerenciamento de recursos hídricos nacional, mas também internacional. Somos membros do Conselho Nacional de Recursos Hídricos, da Rede Brasil de Organismos de Bacias (REBOB), e das redes latino-americana (RELOB) e internacional (RIOB), sendo, desta última instituição, fundadores e membros da diretoria.  
O Consórcio PCJ também possui papel atuante no Conselho Mundial da Água, entidade máxima no planeta para assuntos ligados à gestão dos recursos hídricos, e tem auxiliado na organização do 8º Fórum Mundial da Água, com um objetivo claro: colocar a água como tema central de políticas públicas.
Neste sentido, agradecemos àqueles que, há 28 anos atrás, somaram esforços para a criação dessa entidade, e também àqueles que nos apoiam na busca pela sustentabilidade hídrica da região. Vamos juntos construir o futuro que queremos, todos juntos pela gestão da água!

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE