Paneleiros e pato da Fiesp serão ironizados no Carnaval

A escola de samba do Rio de Janeiro Paraíso do Tuiuti, terá uma ala este ano com integrantes fantasiados de patos, batendo panelas, enquanto são manipulados por uma grande mão.
Uma das fantasias das alas, chamada de Guerreiro da CLT, trará um trabalhador sobrecarregado com várias tarefas, tentando se proteger do que a escola chama de ???exploração patronal???. Como defesa, ele usa uma carcomida carteira de trabalho como escudo.
A apoteose, porém, é o último carro alegórico, que traz um boneco gigante de Michel Temer vestido de vampiro. O carnavalesco Jack Vasconcelos explica o enredo ???Meu Deus! Meu Deus! Está extinta a escravidão????:
??? Na alegoria de encerramento a gente faz uma reflexão sobre a situação (atual) do trabalhador no Brasil, especialmente o mais pobre que herdou a falta de preparo na hora da abolição. A escravidão fica datada. Essa relação de opressor e oprimido está aí, e as pessoas não percebem isso. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE