Palmeiras sapeca Corinthians com 4 a 0 histórico

O Palmeiras superou a equipe do Corinthians por 4 a 0, com dois gols de Raphael Veiga e outros dois de Luiz Adriano, na noite desta segunda-feira (18), pela 28ª rodada do Brasileirão – rodada atrasada em disputa. O duelo aconteceu no Allianz Parque. A última em vez que o Verdão venceu por quatro gols de diferença foi em 2004, no dia 02/05 daquele ano, no Morumbi – os tentos foram anotados por Rincón (contra), Pedrinho, Muñoz e Vágner Love (o duelo em questão, coincidentemente, também foi válido pelo Campeonato Brasileiro.

Além do jogo diante do Corinthians, colocado em dia nesta segunda-feira, resta disputar outra partida em atraso: diante do Vasco da Gama, válido pela primeira rodada do Brasileirão, em agosto de 2020, que o Verdão não pôde disputar, pois enfrentava justamente o Corinthians pela decisão do Estadual daquele ano, quando venceu nos pênaltis por 4×3 após empatarem por 1 a 1 no tempo regulamentar.

Antes desta vez, a última ocasião em que Palmeiras e Corinthians se enfrentaram no Allianz Parque foi em 08/08/2020, pela final do Campeonato Paulista daquele ano, e o Verdão conquistou o 23º título estadual de sua história após empatar por 1 a 1 no tempo regulamentar (gol de Luiz Adriano, de cabeça) e ter sido campeão após bater o rival no pênaltis por 4 a 3, com duas defesas de Weverton e o penal decisivo tendo sido convertido por Patrick de Paula (além do camisa 5, converteram suas cobranças: Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, Lucas Lima. Aquela foi a 11ª final de campeonato entre os rivais e o oitavo triunfo alviverde (Paulistas de 1936, 1974, 1993 e 2020, Paulista Extra de 1938, Rio-São Paulo de 1951 e 1993 e Brasileiro de 1994 – perdeu apenas os Paulistas de 1995, 1999 e 2018). Considerando taças e torneios amistosos, Palmeiras e Corinthians já disputaram 32 finais, com ampla vantagem alviverde: 23 a 9.

Com o resultado, o Alviverde ampliou o seu retrospecto invicto diante do rival alvinegro em Campeonato Brasileiro: o Palmeiras não perde do Corinthians há cinco jogos já com o desta noite – venceu por 1 a 0 no segundo turno de 2018 (gol de Deyverson), no Allianz Parque, empatou por 1 a 1 nos dois turnos de 2019, primeiro na casa corintiana (gol de Felipe Melo) e depois no Pacaembu (gol de Bruno Henrique). Depois, venceu por 2 a 0 em plena Arena Corinthians (agora renomeada Neo Química Arena), com gols de Luiz Adriano e Gabriel Veron. No geral da competição, são 62 jogos contra o Corinthians, 23 vitórias, 22 empates e 17 derrotas, 79 gols marcados e 58 gols sofridos.

Destaques individuais para Luiz Adriano, que nos últimos três Derbys no retrospecto geral não ficou sem deixar sua marca (aliás, o camisa 10 soma quatro gols nos últimos três Palmeiras e Corinthians). Com isso, Luiz Adriano chegou a 20 gols na temporada é passa a ser o artilheiro isolado do time na temporada atual, seguido de Willian e Raphael Veiga, com 18.

Destaque também para Raphael Veiga, que na noite em que completou 100 jogos pelo Verdão, marcou duas vezes na partida! Com isso, Veiga se tornou vice-artilheiro do time com 18 gols, ao lado de Willian, e atrás só de Luiz Adriano, com 20.

Ainda dentre os jogadores, Willian Bigode foi destaque ao conceder duas assistências nos tentos da goleada – a outra assistência foi de Luiz Adriano para um dos gols de Raphael Veiga. Um dos gols (o quarto) não contou com assistência, pois foi uma bola mal recuada pelo volante alvinegro Gabriel, que, depois, foi expulso. Com os dois passes a gol, Willian se isolou como garçom geral do atual elenco palmeirense chegando a 22 passes, deixando para trás Lucas Lima e Marcos Rocha, com quem antes dividia a liderança.

Nos aspectos da área técnica, Abel Ferreira entrou para a história primeiro treinador estrangeiro a ter vencido um Derby nos últimos 43 anos. A última vitória do Palmeiras diante do Corinthians com um técnico gringo no comando foi em 24/09/1978, por 2 a 0, com gols de Jorge Mendonça, pelo Campeonato Paulista. O Verdão foi comandado pelo argentino Filpo Nunez. Em 2014, o Verdão teve um técnico gringo no comando do Derby (o argentino Ricardo Gareca), mas foi superado por 2 a 0 em 27/07/2014.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE