Os Top3 Youtubers do Brasil

Iberê Thenório (Manual do Mundo), Lukas Marques e Daniel Molo (Você Sabia?) e Whindersson Nunes são os três melhores Youtubers do Brasil, segundo o voto popular do Prêmio iBest 2021. Além da votação aberta aos brasileiros, a Academia iBest também elegeu os Top3 pelo enfoque técnico, que são Felipe Neto, Iberê Thenório (Manual do Mundo) e Whindersson Nunes. A votação popular para a escolha dos campeões irá até o dia 24 de outubro no site premioibest.com.

 

O Youtube, maior plataforma de vídeos do mundo, permite o consumo digital dos mais diversos temas, e entre todos os brasileiros apontaram que são aqueles criadores desta rede que mais se destacam. Iberê Thenório (Manual do Mundo), Lukas Marques e Daniel Molo (Você Sabia) e Whindersson Nunes – somam, apenas na plataforma, um contingente aproximado de 100 milhões de inscritos. Pela Academia iBest, Felipe Neto, vencedor em 2020 pelos júris popular e oficial, com quase 43 milhões de inscritos, se junta aos finalistas.

Acesse o site para saber mais sobre cada finalista.

“Felipe, Iberê e Lukas e Daniel não são apenas pioneiros, mas sim grandes estudiosos e entusiastas da nova mídia. Eles são mestres em conseguir desenvolver e oferecer não somente um conteúdo de interesse único, mas também estrelar este conteúdo com total empatia e carisma” afirma Marcos Wettreich, fundador e CEO do prêmio. “Todos são merecedores desta final, e saberemos em breve quem o brasileiro entender ser o melhor dos melhores”, completa.

 

Os vencedores serão divulgados entre 08 e 12 de novembro e poderão utilizar por um ano a certificação de excelência iBest, que, diferentemente de outras premiações, tem sua seleção baseada em algoritmo próprio que pesquisa e quantifica milhares de iniciativas, apontando matematicamente os destaques de cada segmento. Em 2021, o iBest projeta mais de 10 milhões de votos únicos ao longo da edição.

Felipe Neto, vencedor do Prêmio iBest de Youtuber do Ano em 2020 pelos júris popular e da Academia iBest.

História

 

O iBest foi realizado pela primeira vez em 1995 e aconteceu até 2008, período em que foi não somente o maior prêmio da internet do Brasil, mas também do mundo. Em 2003, foi adquirido pela Brasil Telecom (atualmente Oi). Em 2020, Marcos Wettreich assumiu, novamente, o controle da marca e relançou a premiação, ampliada e focada em todo o universo digital composto por sites, apps, e as redes sociais Youtube, Tiktok, Twitter, Linkedin, Twitch, Facebook e Instagram.

 

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE