Oportunidades e riscos de abrir um negócio

Abrir uma empresa é um sonho de muitas pessoas, porém iniciar qualquer tipo de projeto representa riscos e gera insegurança. Quando o assunto é criar um negócio próprio, as dúvidas adquirem grandes proporções. Afinal, é preciso colocar na balança aspectos pessoais e profissionais antes de tomar uma decisão que exigirá habilidades múltiplas como profissional e gestor, além de impactar, consideravelmente, na sua rotina e nas suas finanças. 

Segundo o advogado especialista em Direitos do Consumidor e do Fornecedor, Dori Boucault, a primeira questão é saber se você está preparado para se dedicar integralmente ao negócio próprio. ???Para se tornar empreendedor é preciso abrir mão de uma série de coisas, você é seu próprio patrão e depende da sua dedicação para gerar lucro na empresa???, enfatiza Dori.
Dessa forma, o consultor financeiro listou um guia com dicas essenciais para antes (e depois) de abrir o próprio negócio.
1 – Planejamento: desenvolver um planejamento é fundamental para começar um negócio. ????? mais fácil contornar os obstáculos que vão surgindo ao longo da caminhada quando você cria uma linha de planejamento da empresa que vai abrir???, explica Dori Boucault.
2 – Crie relacionamentos: procure saber como você se relaciona com outras pessoas, pois só o conhecimento técnico do produto ou serviço não é o suficiente para manter o negócio. ???Você depende de outras pessoas para manter a empresa ativa???, afirma o especialista.
3 ??? Gerencie seu dinheiro: é fundamental saber como e onde você aplica dinheiro para indicar o crescimento e fortalecimento do empreendimento.
4 ??? Educação financeira: se você é daquelas pessoas que está sempre pagando contas em atraso, entrando no limite do cheque especial e se esquece dos compromissos financeiros, então: ???Primeiro você deve se educar financeiramente para não colocar a empresa em risco de ir à falência logo no inicio???, orienta o consultor financeiro.
5 – Ousadia: pense se você está disposto a assumir riscos, pois, abrir o próprio negócio requer ousadia, coragem e empreendedorismo para enfrentar os riscos comuns existentes no mercado.
6 – Esteja informado: ???para sobreviver ao mercado conheça as novas tendências do  setor em que vai atuar como preços e tecnologias mais avançadas, ou seja, esteja sempre à frente da concorrência???, recomenda o especialista Dori Boucault.
7 ??? Organização e disciplina: um empreendedor administra várias funções ao mesmo tempo, sendo assim é necessário manter uma disciplina para que o negócio continue se desenvolvendo. ???No inicio do negócio nem sempre é possível ter uma equipe completa, dessa forma, nos primeiros seis meses, a empresa depende exclusivamente do empreendedor???, evidencia o advogado.
8 ??? Seja dinâmico: esteja preparado para lidar e decidir rapidamente eventuais situações.
9 ??? Otimismo: ao abrir um negócio é necessário ser otimista para sobreviver e enfrentar possíveis dificuldades que possam surgir.
10 ??? Busque conhecimento: prepara-se para ler e buscar muito conhecimento sobre a área de atuação. ???Faça cursos de empreendedorismo e gestão, procure orientação em instituições como Sebrae ou sindicatos de comércios, todo conhecimento é válido para abrir um negócio???, ressalta Dori.
11 ??? Não se iluda: verifique se sua ideia não é somente uma ???ilusão???. ???Estude o mercado onde você pretende atuar???, aconselha o consultor financeiro.
12 ??? Não tenha medo ou insegurança: todo negócio envolve riscos de fazer sucesso ou não, por isso, buscar conhecimento ajuda a diminuir essa sensação.
13 – Faça uma reserva de capital financeiro para eventuais riscos: é necessário ter uma reserva guardada para situações adversas, porém, haja com cautela e não coloque em risco renda pessoal como, por exemplo, imóveis, carros, entre outros.
14 – Infraestrutura: o empreendedor precisa oferecer ao negócio uma infraestrutura compatível com o que o mercado aceita pagar num produto ou serviço. ???Não adianta ter uma equipe enorme e o produto ser mais caro que o do concorrente???, alerta Dori.
15 ??? Escolha do sócio: com sua falta de capacitação em alguma área ou até mesmo com a vontade de agregar mais investimento ao negócio, uma possibilidade é investir numa sociedade. ???Cuidado com a escolha do sócio, nem sempre escolher pessoas próximas é a melhor opção, pois isso pode confundir situações entre a vida pessoal e profissional???, conclui o especialista Dori Boucault.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE