Opinião. A derrota da universidade

Por mais incrível que possa parecer, está na moda hoje entre os jovens brasileiros a teses de que a Universidade não serve mais para os propósitos profissionais ou de futuro.

Seja na TV ou no discurso que grassa entre a ???molecada???, a ideia principal é que a ida à universidade pouco tem a ver com adquirir conhecimento, se formar ou buscar alguma ideia de profissão.
Claro está que a ideia de profissão que era tradicional hoje caiu por terra. O consenso é que não teremos mais empregos ???para a vida toda???. Essa tese reforça as críticas ou o desdém para com a busca pelo conhecimento de modo mais formal.
Um processo mais longo que também afeta essa crítica que hoje é ainda mais forte é o abandono da ideia de formação humanista, da universidade como espaço de troca de conhecimento no sentido mais amplo. Os debates que eram intensos e iam em várias direções se tornaram cada vez mais específicos e os campi foram ficando espaços de nichos. Falta o grande debate, falta o élan com o emprego e vai vencendo a ideia de que a universidade tem pouco importância no futuro de uma sociedade.

Tudo isso surge hoje muito forte no Brasil, que nem chegou a ser um país com importante produção intelectual, que hoje tem um governo anti intelectual, que mal produz dados básicos para se entender enquanto sociedade.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE