Operação Verão: Defesa Civil monitora áreas de risco

A Defesa Civil de Nova Odessa está monitorando as áreas de risco próximas ao Ribeirão Quilombo. A ação faz parte da Operação Verão e segue até o dia 31 de março de 2017. Além do acompanhamento do nível do rio, a equipe também já mapeou e monitora os pontos de alagamento.

“Este é um período bastante chuvoso. Este trabalho de monitoramento já é feito, mas nesta época intensificamos as rondas e medições”, afirmou o coordenador da Defesa Civil, Paulo Bichof.
Ele afirmou que os pontos de alagamento foram mapeados ao longo do ano e, em caso de elevação do nível do rio, moradores das áreas próximas são avisados.
O coordenador afirmou que além da Defesa Civil, outros setores da Prefeitura também estão de prontidão para atender em casos de chuvas intensas. “Temos uma equipe formada por profissionais de diversas secretarias e diretorias, como Obras, Meio Ambiente, Garagem, Promoção Social, entre outras. Nossa expectativa é que não tenhamos enchentes e alagamentos, mas se acontecer, estaremos a postos para atender a população da melhor maneira possível”, disse.
O coordenador da Defesa Civil lembrou que chamadas para a Defesa Civil podem ser realizadas pelos números da Guarda Civil Municipal que são 153 ou 3466-1900.
A????ES ??? A Prefeitura tem realizado um intenso trabalho de combate às enchentes e alagamentos. Recentemente, o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza oficializou junto ao DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) o pedido de doação de uma draga para o Município. O equipamento será utilizado para desassoreamento do Ribeirão Quilombo.
Através de um estudo desenvolvido em parceria com o vereador Vagner Barilon, também foi feito um mapeamento de áreas para construção de possíveis piscinões para armazenamento das águas de chuva.
A Diretoria de Serviços Urbanos também promoveu limpeza das galerias pluviais com intuito de evitar alagamentos.
No ano passado, cerca de 20 famílias que moravam no Jardim Conceição, uma das áreas de risco mais vulneráveis de Nova Odessa, foram contempladas com apartamentos no Residencial das Árvores.
A Prefeitura também desenvolve um projeto de permuta de imóveis com famílias que residem em outras áreas de risco. Os imóveis já foram vistoriados e atualmente a Diretoria de Assuntos Jurídicos avalia a possibilidade de troca das áreas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE