Omarzinho denunciado pelo MP

A Justiça aceitou ontem a denúncia do Ministério Público em Americana contra o empresário Omarzinho, filho do prefeito Omar Najar. A Promotoria pede a condenação por disparo de arma de fogo, porte ilegal de arma de uso restrito e dano, referente ao episódio de 2013, em que o acusado atirou contra um radar na Avenida Nossa Senhora de Fátima. Caso seja condenado, ele pode pegar até 12 anos de prisão.

Veja mais em: Omarzinho sai da cadeia
A apuração apontou que os dois disparos feitos pelo empresário provocaram 24 furos no aparelho, que era alugado pela prefeitura. O dano no radar custou R$ 6,7 mil. O processo corre na 1ª Vara Criminal de Americana.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE