Omar vai ao Hospital Municipal

O prefeito de Americana, Omar Najar (MDB), visitou na tarde desta quinta-feira (15/3) a ala 1 do Hospital Municipal ???Waldemar Tebaldi???, que foi reformada e tem previsão de entrega para o início de abril. O secretário de Saúde, Gleberson Miano, acompanhou a visita. ???Nunca esquecemos do Hospital Municipal, a Saúde sempre foi nossa prioridade. Mas fomos realizando a reforma de acordo com nossa capacidade financeira. Espero dar continuidade aos trabalhos, com a entrega do pronto-socorro no prédio anexo, prevista para novembro deste ano???, destacou o prefeito, que lembrou, ainda, das obras da unidade básica de saúde Dona Rosa, que também deve ser entregue em breve.

Durante a visita, o prefeito se mostrou feliz por poder oferecer um local com maior comodidade e conforto aos pacientes que acorrem ao Hospital Municipal.
Na reforma foram substituídos o piso, forro, luminárias, bate-macas e portas internas de madeira e executada nova pintura das paredes. No piso foi instalada manta vinílica e os forros são de gesso com luminárias em LED embutidas no mesmo. Os banheiros foram ampliados, tornando-os acessíveis aos portadores de necessidades especiais; também foram substituídos os revestimentos (azulejo e piso cerâmico) dos banheiros, expurgo, DML (depósito de materiais de limpeza) e posto de enfermagem. Além disso, foram instaladas novas peças sanitárias, bancadas em aço inox, torneiras e chuveiro, e a substituição de toda a instalação elétrica. O prazo para a conclusão da obra precisou ser ampliado, já que houve também a necessidade de trocar toda a rede de gases medicinais, com instalação de réguas hospitalares em cada um dos leitos, situação que não havia sido prevista no projeto original. ???A obra atrasou, mas atrasou para ficar melhor???, afirmou o secretário de Saúde, Gleberson Miano.
A reforma conta com verba de emenda parlamentar do deputado federal, Vanderlei Macris, no valor de R$ 250 mil, além de recursos próprios da Prefeitura na ordem de R$ 699.412,81, já incluída nesse montante a contrapartida, que é de R$ 62.514,11.
A ala 1 é composta por 28 leitos e representa a maior ala do Hospital Municipal, que não é reformado desde sua inauguração, na década de 1980.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE