Omar mobiliza secretários para ações contra dengue

O prefeito de Americana, Omar Najar, reuniu, nesta segunda-feira (20), todo o primeiro escalão para definir ações conjuntas no combate à dengue no município. O chefe do Executivo cobrou integração de todos com as ações conduzidas pela Vigilância Epidemiológica e que cada Pasta integre às suas atividades informações preventivas contra criadouros do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue e de outras doenças.
Participaram do encontro, além dos secretários, as chefias do DAE (Departamento de Água e Esgoto), da Gama (Guarda Municipal de Americana), da Utransv (Unidade de Trânsito e Sistema Viário), da Vigilância Epidemiológica e do Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi”.  
O prefeito destacou que o trabalho da prefeitura já vem ocorrendo, tanto na busca de prevenção quanto na mobilização da sociedade para o combate de criadouros do mosquito, mas que a reunião serviu para que todos fossem colocados na mesma página. “Se tivermos todas as secretarias e, como consequência, todos os servidores envolvidos no processo, vamos ampliar muito mais o combate ao mosquito, que é um problema que surge de ciclos em ciclos em todo o Brasil e que tem de ser combatido”, destacou Omar.
O objetivo do prefeito é que secretarias como a de Educação, por exemplo, faça uma ação concentrada na prevenção e combate a criadouros informando melhor os estudantes da rede; inserindo material educativo e de orientação no dia-a-dia das unidades de Educação. Assim como nas escolas, a ideia é levar a todos os setores do Poder Executivo com atendimento ao público material de divulgação. Além disso, os próprios servidores podem e devem ser envolvidos de forma permanente.
O fator cíclico da dengue foi explicado durante a reunião e o exemplo de Americana, que em 2014 e 2015 viveu os maiores picos da doença e nos anos seguintes teve número de casos inferior a 20 pessoas, foi mencionado. “A cada variedade do vírus que surge, os casos em todo o país voltam a ser numerosos e voltamos a lutar para reduzi-los”, explicou o secretário da Saúde Gleberson Miano.
O secretário relatou ainda que o município vem discutindo ações de mobilização junto à iniciativa privada e com demais instituições do município para que se crie um grupo permanente de trabalhos de conscientização, prevenção e combate ao mosquito transmissor da dengue e de outras doenças. “A pedido do prefeito Omar, estamos mobilizando as instituições públicas e privadas, outros município também, para podermos agir em conjunto. Os encontros não servirão somente para esse ano, mas para os próximos também, já que a dengue sobretudo é uma doença de ciclos”, disse o secretário.
Miano relatou que o grupo intersetorial se reuniu nesta segunda-feira e vem discutindo desde a semana passada para tomar medidas para este ano, mas também para que se crie uma estrutura permanente.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE