Omar erra reiteradamente com servidores

Seja com os concursados ou com os comissionados. 
Seja com os pró (que votaram e carregaram a bandeira) ou com os ‘anti’. 
O prefeito de Americana Omar Najar (PMDB) não consegue acertar uma com o servidor da prefeitura que administra há mais de dois anos.
O terror sempre ronda os concursados. Com os comissionados, é a enorme insegurança e a falta de padrão que assusta. Muitos já saíram.
E nesse padrão de aterrorizar todo mundo, o prefeito não consegue ter ninguém ganho para o seu ‘projeto?’
Cobrar secretários publicamente, falar mal de guardas e impor o regime de medo para os concursados tem se mostrado ruim para o governo e desastroso para quem depende dos serviços públicos- em especial a população mais pobre.
As urnas, como era previsível, deram a Omar mais 4 anos para pôr a casa em ordem. Mas a leitura foi de um cheque em branco para se adotar medidas necessárias.
O que acontece é um governo que não sai do lugar e vive reclamando do anterior. 
Enquanto isso, Omar da boa vida aos prefeitos vizinhos, que buscam saídas simples e passam a ter um governo trapalhão como referência. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE