Omar e Giuliani anunciam reforma da Estação

Na tarde desta segunda-feira (18), o prefeito de Americana Omar Najar e o secretário de Cultura e Turismo Fernando Giuliani anunciaram parceria com a companhia ferroviária Rumo Logística para o restauro da Estação Cultura de Americana com investimento de R$ 860 mil. Além das autoridades municipais, assinaram o termo de compromisso o responsável por relações governamentais da Rumo, Marcelo Rodrigues, e o presidente do Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico e Cultural de Americana (Condepham), Diego Bernardo.
Previsto para iniciar em 40 dias, a reforma será completa e inclui troca de telhado, ferragem e adaptação para pessoas com deficiência. ???Hoje é um marco histórico para Americana, pois conseguimos com muito trabalho e apoio do prefeito Omar, assinar o termo de compromisso. A Estação Cultura é um patrimônio público e um dos principais pontos turísticos da cidade. A Sectur vai acompanhar diariamente o restauro e primeiramente será feito uma prospecção para resgatara a cor original do prédio, para então dar partida na reforma???, disse o secretário, Fernando Giuliani. O prefeito Omar Najar enfatizou a importância do projeto para a história da cidade. ???Quero parabenizar o empenho da Sectur e do Condepham por recuperar um local tão característico de Americana e poder resgatar a lembrança da população.??? A Estação Cultura fica no Centro da cidade e anos atrás recebia cursos, palestras e eventos, que deixaram de ser realizados por conta da estrutura.
???Com certeza hoje é um dia inesquecível para o Conselho, pois batalhamos muito para essa conquista. Juntamente com a Sectur, vamos acompanhar a reforma e que todos os envolvidos sintam-se estimulados para levar estes projetos para outros prédios históricos da cidade???, afirmou o presidente do Condepham, Diego. Estação Cultura de Americana “Estação Ferroviária”A estação foi inaugurada em 27 de agosto de 1875 com o nome de Estação Santa Bárbara e contou com a presença de D. Pedro II e sua comitiva real. A presença constante de americanos sulistas, após a Guerra da Secessão, em 1866, comercializando e embarcando seus principais produtos, a melancia e o algodão, e também pelo linguajar e vestimentas, que caracterizaram o local como ???Estação de Villa dos Americanos???.
Em 30 de julho de 1904 foi criada por força de Lei a Vila Americana, que se chamou ???Distrito de Paz de Santo Antonio de Villa Americana???. A Estação passou a ser chamada de “Estação de Villa Americana” quando em 1900 o Capitão Corrêa Pacheco, em comum acordo com a Cia Paulista colocou uma placa ao lado do prédio com esta denominação.
Conhecida hoje como Estação Cultura o espaço contribui com a democratização do acesso à cultura abrigando alguns segmentos entre eles: artes visuais, música e patrimônio. Além de ser um espaço fantástico por natureza, isto é, desperta, demonstra o fascínio pelos trens, o transporte ferroviário, também contribui para formação, conhecimento e lazer.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE