Omar deixa Wardo com a brocha na mão

Eles sempre foram amigos. Empresários. Os dois vêem a política como um hobby um pouco complicado e trabalhoso. Mas um deles explodiu nas urnas. E ficou de ajudar o outro, que segue cada vez mais rejeitado pelo eleitorado. Qual nada.
Wardo Nogueira (DEM), suplente de vereador e um dos poucos apoios ‘benvindos’ na campanha de Omar Najar (PMDB) ficou com a brocha na mão e não é nem secretário nem vereador (verdadeiro hobby).
Conversas de bastidores indicam que o democrata chegou até a ser convidado para ser ‘líder de governo’, dado seu enorme tato político. Não rolou. E muito provavelmente nem role.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE