Odir recua e CM não vai contratar arquiteto

Foto reprodução Facebook
O vereador Odir Demarchi (PR) desistiu de indicar o namorado da filha, arquiteto recém formado, para o cargo de assessor legislativo II na Câmara Municipal de Americana. A nomeação é feita pela presidência da casa mas por indicação do vereador. 
A profissão de Renato Cadaval Tognetti não existia na relação dos assessores legislativos e foi incluída este ano na lei, de autoria da mesa diretora, de readequação de cargos e salários da casa de leis. O rapaz receberia aproximadamente R$10 mil. 
LEIA TAMB??M: Vereador emplaca ‘namorado da filha’ na CM
ANÁLISE – Eleito na ‘virada moral’ da Câmara, Odir foi pressionado por eleitores, tentou defender a legalidade do caso, mas viu-se vencido pelo caráter imoral do ato.
Reconhecendo o erro, Odir pediu desculpas para os eleitores. “Me desculpo com todos meus eleitores que confiaram em mim e ficaram desapontados com isso e espero ainda ter todo o tempo desse mandato para mostrar para que eu realmente vim, promovendo ações em benefício do povo dessa cidade”, disse. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE