NY Times vê Bolsonaro “ofensivo, cruel e grosseiro”

O The New York Times (NYT) publicou, na noite deste domingo (21), um editorial intitulado “triste escolha do Brasil”, em referência ao presidenciável líder nas pesquisas, Jair Bolsonaro (PSL). A publicação chama o candidato de um populista “ofensivo, cruel e teimoso”. 
“Jair Bolsonaro é um brasileiro de direita que tem visões repulsivas. Ele disse que se tivesse um filho homossexual, preferiria que ele morresse; que uma colega no Parlamento era muito feia para ser estuprada; que afro-brasileiros são preguiçosos e gordos; que aquecimento global equivale a “fábulas de estufa”. Ele sente saudades dos generais e torturadores que governaram o Brasil por 20 anos. No próximo domingo (28), no segundo turno de votações, o Sr. Bolsonaro provavelmente será eleito presidente do Brasil”, começa o editorial, destacado na capa do site do NYT na noite deste domingo.
Durante o texto, o jornal faz críticas às opiniões de Bolsonaro sobre o meio ambiente e também sobre suas “opiniões grosseiras”. 
“Ele é o mais recente em uma longa lista de populistas que surfaram em uma onda de descontentamento, frustração e desespero para o maior cargo em cada um de seus países. Não surpreendentemente, ele é frequentemente descrito como o Donald Trump brasileiro”, afirma o editorial, que conclui:
“A escolha é dos brasileiros. Mas é um dia triste para democracia quando a desordem e o desapontamento levam os eleitores à distração e abrem portas para populistas ofensivos, cruéis e grosseiros.”
O jornal The New York Times é tradicionalmente ligado ao partido Democrata, dos Estados Unidos, e é um dos jornais de maior tiragem do mundo. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE