Náufrago da vida real: ficou 1 ano à deriva

Um pescador salvadorenho achado nas Ilhas Marshall disse ter sobrevivido à deriva durante mais de um ano no oceano Pacífico, bebendo sangue de tartaruga e apanhando peixes e aves apenas com as mãos.

José Salvador Albarengo, de 37 anos, contou às autoridades que partiu do México para pescar tubarões, em dezembro de 2012, mas acabou ficando à deriva até ser achado a 10 mil quilômetros de distância.
Ele foi resgatado, desorientado, em um remoto atol de corais com o qual havia topado no fim de semana, após meses a bordo de um barco de fibra de vidro de 22 pés (7,3 metros). Uma patrulha policial o levou a Majuro, capital do país insular.
Reuters.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE