Edit

Nova Odessa. Unidade Respiratória ganha quatro leitos de urgência

Atendendo a uma das primeiras determinações do prefeito Cláudio José Schooder, Leitinho, a Unidade Respiratória do Jardim Alvorada, que concentra o atendimento de pacientes com sintomas respiratórios na Rede Municipal de Saúde de Nova Odessa, acaba de ganhar quatro novos leitos de cuidados urgentes. Agora, o local conta com seis leitos de urgência e mais quatro de enfermaria.

“Esta ampliação não trouxe gastos à Municipalidade, pois foi realizada com equipes próprias e materiais existentes nos estoques da Prefeitura. Essa obra traz mais segurança para a nossa Rede Municipal de Saúde, pois aumenta a sua capacidade de atendimento, especialmente para casos mais graves da Covid-19”, declarou o prefeito Leitinho.

Para criar os quatro novos leitos de urgência, a Prefeitura de Nova Odessa destacou uma equipe da Saúde, em conjunto com as secretarias de Obras, Projetos e Planejamento Urbano e de Governo. Eles se mobilizaram e, dentro do prazo previsto, o local recebeu a reforma para adaptação do espaço.

“Antes, eram apenas seis leitos na internação da UR, sendo dois na urgência e quatro de observação, na parte interna. Com esta ampliação, determinada pelo prefeito Leitinho, são criados mais quatro leitos de urgência, chegando a seis, além de uma melhor estrutura de atendimento. Nova Odessa passa a contar com um suporte maior, especialmente no atendimento dos casos graves”, comentou o secretário municipal de Saúde Dr Nivaldo Luís Rodrigues.

Segundo informações da Secretaria de Saúde, a Unidade Respiratória conta com cinco pacientes internados e desde as primeiras semanas de janeiro a demanda de pacientes aumentou consideravelmente. No dia 1º de janeiro, por exemplo, foram realizados 35 atendimentos, e quatro pacientes tiveram de ser internados. No dia 03/01, foram 57 atendimentos, com cinco internados. “A partir do dia 04/01, a demanda começou a subir e não caiu mais. Por isso é importante poder contar com essa estrutura de suporte para casos que necessitem de cuidados especiais”, explicou Dr Nivaldo.

Por conta da importância da Unidade Respiratória no atendimento de pacientes suspeitos e positivados com a Covid-19, no dia 21 de janeiro, o espaço foi escolhido para iniciar a campanha de vacinação contra o novo coronavírus. “Todos os servidores da Unidade Respiratória receberam a primeira dose da vacina. Sem dúvida um primeiro passo importante na luta contra esse vírus, o que traz também maior tranquilidade aos médicos, enfermeiros, auxiliares e demais servidores que integram a linha de frente nessa pandemia”, finalizou o secretário.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE