Nova Odessa tem mais 31 casos suspeitos de Covid

Nesta quarta-feira (28/04), o Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência para a rede pública de Saúde no Estado de São Paulo, não informou novos resultados de exames que confirmam ou descartam a presença do novo coronavírus em pacientes com síndrome respiratória de Nova Odessa. Desta forma, o boletim diário da Vigilância Epidemiológica Municipal manteve-se praticamente igual ao do dia anterior, 27 de abril.

Nova Odessa manteve, assim, 3.584 casos positivos de Covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 146 pacientes evoluíram a óbito. Houve mais 31 suspeitas notificadas, e são agora 561 casos em investigação na cidade, incluindo cinco mortes que podem ter sido causadas pelo vírus.

O número de pacientes internados também ficou igual ao do dia anterior: 36, sendo cinco pacientes na UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, mais cinco na ala respiratória do Hospital e Maternidade Municipal e 26 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em hospitais públicos e privados de outras cidades da região e do Estado.

Segundo a enfermeira que coordena a Vigilância Epidemiológica, Paula Mestriner, apesar de pouco frequente, não é a primeira vez que o laboratório deixa de “liberar” um “pacote” de resultados de exames em determinado dia. “É comum (acontecer isso), não são todos os dias que o Lutz ‘libera’ laudos”, apontou.

Como a pandemia de Covid-19 segue avançando em todo o país, a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Odessa destaca sempre a importância do uso contínuo de máscaras por todos, da higienização constante das mãos com água e sabão ou o uso do álcool em gel a 70% e de se manter o distanciamento social, evitando aglomerações a todo custo, como formas de combater a disseminação do novo coronavírus.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE