Edit

Nova Odessa se destaca entre pequenas

Nova Odessa é a 38ª pequena cidade mais desenvolvida do Brasil, segundo ranking da revista “Exame” que listou os 50 melhores municípios para se fazer negócios no País. Realizado pela consultoria Urban Systems, o levantamento mapeia os dados das cidades entre 50.000 e 100.000 habitantes que, embora sejam consideradas pequenas, são polo de atração de investimentos aliando bons indicadores econômicos e qualidade de vida.
Esta é a segunda publicação a destacar o potencial de Nova Odessa em menos de dois meses. Em outubro, a revista “Isto ??” classificou a cidade como detentora da 40ª melhor Educação entre os municípios de médio porte do Brasil. Também em outubro, um levantamento inédito do TCE (Tribunal de Contas do Estado) apontou Nova Odessa como município com gestão efetiva, com nota B.
Em seu levantamento, a revista “Exame” mapeou 348 cidades entre 50.000 e 100.000 habitantes – enquadradas no conceito de “média-pequenas” – para se fazer negócios. Juntas, elas são detentoras de 10% do PIB (Produto Interno Bruto), o equivalente a R$ 550 bilhões, e concentram 11% das empresas formais do País.
O ranking foi criado a partir da análise de 13 indicadores econômicos, como PIB per capita, crescimento dos empregos formais, importações e exportações. Cada um dos critérios ganhou um peso de acordo com sua importância, totalizando 14 pontos.
O levantamento apontou que quase todas as cidades que apresentaram alto grau de desenvolvimento estão próximas de grandes municípios ou de regiões metropolitanas. Responsável pela pesquisa, Willian Rigon afirmou que não é raro estes municípios deixarem de ser parte de um polo para se tornarem, sozinhas, polos de investimento.
Outro ponto comum é a existência de uma “âncora de desenvolvimento”, ou seja, um setor econômico bem desenvolvido.
De acordo com o levantamento da “Exame”, Nova Odessa conquistou a nota 4,314. Com população estimada em 56,7 mil habitantes segundo o IBGE, e a renda per capita na cidade é de R$ 39,8 mil.
Secretário de Desenvolvimento Econômico da cidade, Adriano Lucas Alves afirmou que a pesquisa ratifica todas as ações desenvolvidas para oferecer aos empresários bons indicadores econômicos sem deixar de lado a qualidade de vida. “Todas as nossas ações são sustentáveis, buscando não apenas proporcionar o crescimento das empresas, mas permitindo que seja feita de forma correta, oferecendo toda infraestrutura necessária”, disse.
Alves apontou a instituição do Prodeno (Programa de Desenvolvimento de Nova Odessa) e os investimentos em novos distritos industriais como alguns dos destaques da atuação Administração. “Aliado a isso fortalecemos nos últimos meses nossa parceria com o Sebrae, o que fez com que os pequenos empreendedores viessem à formalidade”, explicou. “Nova Odessa é vista pelos empresários como uma cidade próspera”, continuou.
PONTOS FORTES – O secretário adiantou que está sendo preparado um guia aos empresários do município e região com os diferenciais da cidade. “?? um material com índices, infraestrutura e uma série de informações que mostram que estamos prontos para receber os investimentos e que aqui é possível ter prosperidade nos negócios e garantir qualidade de vida para a família, com boas redes públicas de saúde e educação, áreas de lazer e segurança, entre outras coisas”, finalizou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE