Nova Odessa retoma vacinação contra gripe com ‘drive thru’

 Nova Odessa retoma vacinação contra gripe com ‘drive thru’

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa retoma nesta quarta-feira (25), a partir das 7h, a imunização de pessoas acima de 60 anos e profissionais de saúde contra o Influenza, vírus que causa gripe. Após ser interrompida na segunda-feira (23), quando 1,9 mil doses da vacina foram esgotadas em quatro horas, a campanha segue em cinco postos no município, um a mais que no primeiro dia de vacinação. Um deles funciona no sistema ‘drive thru’.

O esquema no qual o usuário é vacinado sem sair do veículo foi implantado pela primeira vez este ano – no Ambulatório de Especialidades Médicas – e foi bastante elogiado pela população novaodessense. Nele, motorista e passageiro apresentam a carteirinha de vacinação e recebem a dose do imunizante sem sair do carro, de forma rápida e sem aglomeração. No ambulatório, que funciona ao lado do Hospital e Maternidade Municipal ‘Dr. Acílio Carreon Garcia’, as vacinas são aplicadas de segunda a sexta, das 8h às 15h.

No mesmo horário, funciona o posto de vacinação instalado na Emef (Escola Municipal de Ensino Fundamental) ‘Professora Salime Abdo’, localizada no Jardim Alvorada, única unidade escolar alocada pela Prefeitura de Nova Odessa para a imunização.

Os dois grupos da primeira fase da campanha ainda têm como opções três UBS’s (unidades básicas de saúde): nos jardins Marajoara, São Francisco e Centro. Esta última entra no processo de vacinação nesta quarta, ampliando para cinco o número de postos disponíveis na cidade. Nessas unidades, a imunização ocorre das 7h às 15h30.

Apesar do primeiro lote de vacinas ter acabado rapidamente no primeiro dia de imunização, o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, garante à população que não há motivo para correria. “Nossa meta é vacinar seis mil pessoas acima de 60 anos no município até 15 de abril, quando termina a primeira fase. Portanto, a campanha é longa, terá outras duas etapas e todos os idosos serão vacinados”, afirmou o secretário.

A segunda começa no dia 16 de abril para professores, profissionais das forças de segurança e salvamento e doentes crônicos. O Dia D será em 9 de maio. A partir dessa data, serão vacinadas crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias, adultos de 55 a 59 anos, gestantes, mães no pós-parto (até 45 dias após o parto), população indígena e portadores de condições especiais. A campanha termina no dia 22 de maio.

A campanha nacional de vacinação contra gripe foi antecipada de abril para março pelo Ministério da Saúde para auxiliar na triagem dos casos de Covid-19. Depois da imunização, os profissionais de saúde avaliam que será mais fácil identificar casos do novo coronavírus. A vacina protege contra os vírus Influenza A-H1N1, A-H3N2 e B.

Relacionados

Leave a Reply