Idosa de 97 anos que vivia em casa de repouso morre de Covid-19

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa, por meio da Vigilância Epidemiológica, confirmou neste sábado (18) mais duas mortes por Covid-19, elevando para 23 o número de óbitos na cidade em decorrência da doença. Uma das vítimas é uma mulher de 97 anos que morava em uma casa de repouso no bairro Residencial Lopes Iglesia. No lar de idosos, quatro residentes testaram positivo para o novo coronavírus. Além dos falecimentos, o município registrou três novos casos e totaliza 252 infectados. Desse total, 148 estão recuperados.
A paciente de 97 anos tinha comorbidade e estava internada na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Ela morreu na terça-feira (14). Outras três idosas – com 82, 84 e 97 anos – também testaram positivo para Covid-19 e estão isoladas na casa de repouso. Elas são monitoradas por enfermeiros do lar e da rede municipal de saúde.
A Vigilância Epidemiológica novaodessense também recebeu neste sábado o resultado do exame que apontou o novo coronavírus como causa da morte de uma mulher de 87 anos, no último dia 8, na Unidade Respiratória do Jardim Alvorada. Ela havia sido internada na unidade com quadro de síndrome respiratória aguda grave.
Os outros dois moradores que testaram positivo para o novo coronavírus moram no Jardim Campos Verdes. São homens e têm 38 e 44 anos. O mais novo recebeu alta da Unidade Respiratória e está dando continuidade ao tratamento em casa. O paciente de 44 anos, no entanto, foi transferido para um hospital de campanha em São Paulo.
O boletim atualizado aponta ainda 832 casos notificados, 79 pacientes positivos em isolamento domiciliar, oito internados em UTI (unidade de terapia intensiva), 211 casos negativos, 81 em investigação – incluindo cinco óbitos, 68 em isolamento e oito internados – e 44 pacientes com gripe em acompanhamento.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE