Nova Odessa registra diminuição de 67,2% nos casos de dengue

O número de registros de dengue caiu 67,2% em Nova Odessa em 2020, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (4) pela Secretaria de Saúde. Foram 254 casos notificados nos cinco primeiros meses do ano, contra 774 contabilizados em igual período de 2019.

A maior queda na comparação dos meses foi verificada em maio, com 377 casos confirmados em 2019 ante 23 registrados este ano, queda de 94%. A diminuição também foi acentuada em abril. Foram 343 infectados em 2019 e 55 em 2020, redução de 84%.

De acordo com dados da Vigilância Epidemiológica, órgão da Secretaria de Saúde responsável pelo monitoramento e definição de medidas de prevenção e controle de doenças, 2020 ainda teve cinco casos em janeiro, 64 em fevereiro e 107 em março. Já no ano passado, foram 12 em fevereiro, 42 em março e nenhum registro em janeiro.

Para o secretário de Saúde do município, Vanderlei Cocato, a queda está diretamente relacionada ao forte trabalho de prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti desenvolvido pelo Setor de Zoonoses. “Trabalhamos de segunda a segunda, orientando a população, eliminando potenciais criadouros em casas, prédios públicos e estabelecimentos comerciais e fazendo bloqueios em bairros com casos confirmados. Este ano, já foram visitados 2.881 imóveis e 35 caminhões de materiais recolhidos”, disse Cocato.

O trabalho dos agentes de controle de zoonoses consiste em arrastões em toda a cidade, trabalho casa a casa, visitas diárias a pontos estratégicos (empresas, borracharias, lojas de sucatas etc.), com média de 80 pontos visitados por mês; vistorias em escolas, creches, hospital, unidades básicas de saúde, órgãos públicos e empresas, em busca de criadouros e visitas a imóveis sob os cuidados de imobiliárias, numa média de dez visitas por mês.

De acordo com Vanderlei Cocato, o trabalho foi intensificado a partir de março, em função da pandemia de Covid-19. “O novo coronavírus se espalha com muita velocidade e se beneficia da falta de higiene. Por isso, nossas equipes têm conversado com moradores sobre a importância de manter todos os ambientes da casa limpos, inclusive os quintais. É uma forma de prevenir as duas doenças”, explicou o secretário de Saúde.

Ao longo dos 12 meses de 2019, Nova Odessa teve 925 casos confirmados de dengue.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE