Nova Odessa registra 46 casos de Covid, mas sem óbitos

Entre sábado (24) e segunda-feira (26), os órgãos oficiais de Vigilância Epidemiológica confirmaram mais 46 casos positivos de Covid-19 em moradores de Nova Odessa, elevando o total de contaminados pelo novo coronavírus a 3.580 desde o início da pandemia, em março de 2020. Das mais de 10,3 mil suspeitas de contaminação até o momento, praticamente a metade foi descartada pelas autoridades da Saúde.

No mesmo período de três dias, mais 44 moradores de Nova Odessa passaram a ser considerados curados da doença, totalizando 3.134 pacientes que venceram o coronavírus – ou 87,5% do total de infectados. Já os casos em investigação caíram desde o boletim epidemiológico anterior, de 542 na última sexta-feira para 486 na segunda-feira – uma diminuição de 52 “suspeitos”.

No entanto, nenhum novo óbito por Covid-19 foi confirmado na cidade nas últimas 72 horas, com o total de mortos pela pandemia ficando estável em 138. Os “óbitos” suspeitos mantiveram-se estáveis na cidade no período, em sete casos sob investigação ou aguardando resultados de exames laboratoriais – geralmente realizados no Instituto Adolfo Lutz, laboratório de referência para a rede pública de Saúde no Estado de São Paulo.

Do total de óbitos confirmados de moradores da cidade, 75 aconteceram em 2020, e 63 em 2021 – ainda que alguns casos fatais do ano passado só tenham sido informados à Vigilância Epidemiológica do Município neste ano.

É importante ressaltar que os casos ou óbitos positivos para Covid-19, ou os pacientes “suspeitos” que são negativados, só entram no boletim diário da Vigilância Epidemiológica após os resultados dos exames laboratoriais realizados pelo Instituto Adolfo Lutz (o que podem levar vários dias ou semanas), como determinam as regras oficiais da área que valem para todos os municípios.

Internados

O total de pacientes de Nova Odessa internados também se manteve rigorosamente igual nas últimas 72 horas. Eram, na segunda-feira, cinco pacientes com suspeita de Covid-19 sob os cuidados da equipe da UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, que é a unidade de referência para o primeiro atendimento dos pacientes sintomáticos.

Além disso, mais oito internados em leitos de baixa e média complexidade na nova ala respiratória do Hospital e Maternidade Municipal e 25 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva, de alta complexidade) de hospitais públicos e privados de outras cidades da região e do Estado.

Como a pandemia de Covid-19 segue avançando em todo o país, a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Odessa destaca sempre a importância do uso contínuo de máscaras por todos, da higienização constante das mãos com água e sabão ou o uso do álcool em gel a 70% e de se manter o distanciamento social, evitando aglomerações a todo custo, como formas de combater a disseminação do novo coronavírus.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE