Edit

Nova Odessa discute lixão e nova área

Reunidos na manhã desta quarta-feira (25) na Câmara de Nova Odessa, os membros do Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) estão levando os assuntos para diferentes esferas no município. A 49ª reunião ordinária ocorreu no plenário do Poder Legislativo, após as anteriores serem realizadas no Instituto de Zootecnia, Prefeitura e Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa). A ideia é envolver o máximo de pessoas e organizações com os temas.
A reunião do Comdema teve a presença de representantes da Prefeitura, Câmara, Coden, Associação de Engenheiros, Lions Clube, Rotary Club, entidades assistenciais e a sociedade civil. O espaço foi cedido pela vereadora e presidente do Legislativo, Carla Lucena, ex-secretária municipal de Meio Ambiente. O objetivo do secretário do Comdema, João Demarchi, é expandir a atuação do órgão ambiental.
“Com reuniões itinerantes estamos envolvendo outras esferas de poder nas discussões acerca dos temas ambientais”, ressalta Demarchi. O dirigente do Comdema explicou que houve avanço nas tratativas da Fundação SOS Mata Atlântica com a direção do Instituto de Zootecnia, para autorizar a recuperação de uma área de 28 hectares, onde está o último remanescente deste tipo de vegetação no município.
A área de 280 mil metros quadrados (m³) no total está totalmente protegida do acesso de animais, como bovinos e equinos, evitando assim danos ao local. Demarchi frisa que a extensão possui potencial para receber aproximadamente 30 mil mudas de árvores. A recuperação da área dentro do Instituto de Zootecnia possui até um levantamento de espécies catalogado pelo Instituto Plantarum, referência no assunto.
“Estamos vendo ainda a inclusão de área do IZ em território de Americana na recuperação de mata atlântica, indo além de Nova Odessa”, cita Demarchi. Um estudo da SOS Mata Atlântica e do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) mostra que entre 1985 e 2015 ocorreu, na região de Campinas, a regeneração de 23 mil hectares de mata, área maior do que as cidades de Nova Odessa e Sumaré juntas.
Lixão ??? Outro tema de grande alcance discutido pelos integrantes do Comdema é a adoção de ações de recuperação no antigo lixão do município, que funcionou, décadas atrás, em uma área dentro do Instituto de Zootecnia. Também através da SOS Mata Atlântica, um grupo de trabalho estuda a colocação de terra fértil por sobre o local onde antigamente eram depositados os resíduos.
“Nesse lugar já houve, anos atrás, o plantio de muitas árvores e ainda o monitoramento do chorume. Agora estamos em conversas com a SOS Mata Atlântica a respeito desse assunto e eles toparam participar da restauração ambiental do local”, confirma João Demarchi.  A pretensão do secretário do Comdema é colocar terra para aumentar a cobertura do solo e preservar o meio ambiente como um todo.
Os participantes da reunião também deliberaram outros temas, como a montagem de uma comissão que vai acompanhar a elaboração do Programa Municipal de Mata Atlântica e Cerrados de Nova Odessa. “?? o planejamento de preservação desses importantes biomas”, destaca a presidente do Comdema ??? além de diretora municipal de Meio Ambiente, Parques e Jardins ???, Fernanda Dagrela.
A dirigente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente sugere o intercâmbio com os Comdemas de Americana, Santa Bárbara d’Oeste e mais cidades da região. “Queremos a integração entre os membros, para encontrar soluções conjuntas para as demandas ambientais comuns dos municípios, assim como trocar informações de experiências individuais bem sucedidas”, completa Dagrela.
Ao final da reunião, os integrantes do Comdema discutiram a criação de um blog como canal de divulgação das atividades e das ações. Membros do Rotary Club revelaram ainda a intenção de ‘adotar’ uma nascente do município, com auxílio de especialista, para depois recuperar e preservar o local, servindo como atividade-modelo e contribuindo na recarga do lençol freático e na produção de água.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE