Nova Odessa dá os primeiros passos para nova represa

A Coden Ambiental recebeu recentemente a visita de representantes da Cataguá Construtora e Incorporadora Ltda para discutir o projeto executivo da nova represa e parque linear da Rua Fioravante Martins, na região do Jardim São Manoel – cuja viabilização foi anunciada no último dia 24 de maio pelo prefeito de Nova Odessa, Cláudio José Schooder, o Leitinho. A reunião marcou o início do andamento dos aspectos técnicos do projeto que vai culminar na obra.

Como contrapartida a dois empreendimentos imobiliários na cidade, a incorporadora se comprometeu com a Prefeitura a destinar R$ 2,6 milhões para custear, além do projeto executivo, também o licenciamento e grande parte do custo de realização da obra, que tem um investimento total estimado em R$ 3,7 milhões e deverá ser concluída em aproximadamente 36 meses após aprovada, licenciada e iniciada.

A nova represa visa garantir a segurança hídrica da cidade por muitos anos e vai contar, em seu entorno, com um parque linear com pista de caminhada, ciclovia e paisagismo. O reservatório será formado pelas águas das nascentes dos córregos Capuava e Piconi, entre outras fontes menores, e estará localizada na área verde existente ao longo da Rua Fioravante Martins, até ao cruzamento com a Avenida Ampelio Gazzetta, entre os Jardins São Manoel e Maria Helena.

A construção do complexo vai resolver ainda o histórico problema os alagamentos que costumam ocorrer no entroncamento das vias ao seu entorno em épocas de chuvas fortes e, mais do que isso, garantirá segurança hídrica para os próximos anos, principalmente em tempos de estiagem prolongada, devendo ampliar em até 20% o volume de água bruta armazenada da cidade.

Risco

“Estamos deixando para trás os riscos de desabastecimento de água que preocuparam a população em 2020, quando a represa Recanto 2 secou por falta de chuva”, afirmou o presidente da Coden Ambiental, Elsio Álvaro Boccaletto.

Empresa de economia mista e concessionária responsável pelos serviços de Saneamento Básico do município há 41 anos (conforme Lei Municipal nº 752/1980), a Coden Ambiental acompanhará todo o andamento da obra e, se necessário, investirá recursos próprios para complementar a contrapartida da Cataguá.

“É um projeto grande, completo. Para viabilizar essa importante obra, que vai garantir o abastecimento de água em Nova Odesa por muitos anos, a Prefeitura e a Coden conversaram com a empresa para ‘juntar’ os valores das contrapartidas dos dois empreendimentos da Cataguá. Assim, garantimos o valor necessário do investimento e a segurança hídrica da nossa cidade – que já é exemplo regional em Saneamento Básico. Estamos contribuindo para o desenvolvimento sustentável da nossa cidade, com uma visão de futuro”, destacou o prefeito Leitinho ao anunciar a obra.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE