Nova Odessa comemora geração de emprego

Nova Odessa gerou 547 vagas de emprego formal no primeiro bimestre deste ano, de acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgados pelo Ministério da Economia. O saldo é 194% maior que o do mesmo período do ano passado, quando foram abertos 186 postos com carteira assinada. ?? o melhor desempenho do município nos dois primeiros meses do ano desde 2013. Naquele ano, foram criadas 799 vagas de emprego em janeiro e fevereiro.
O município, que havia registrado saldo positivo de 91 empregos em janeiro, mostrando evolução em relação aos quatro meses anteriores, gerou 462 novos postos de trabalho com carteira assinada no mês passado, número 7,5 vezes superior ao de fevereiro de 2018, quando foram gerados 62 empregos. Com 290 vagas criadas, o setor de serviços foi o grande motor desse crescimento, seguido pela indústria de transformação, com 74 vagas.
O bom desempenho colocou Nova Odessa na primeira posição do ranking dos municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas) com menos de 100 mil habitantes que mais geraram empregos formais em fevereiro. Entre as 20 cidades do grupo metropolitano, apenas Campinas (1.931), Indaiatuba (607) e Sumaré (514) tiveram saldos positivos melhores que o do Paraíso do Verde no mês passado.
Para o secretário de Obras e Planejamento Urbano Elvis Garcia, o Pelé, que responde interinamente pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, as novas vagas são reflexo do trabalho que vendo sendo realizado pelo governo Bill para atração de empresas e fomento do empreendedorismo. “Nosso setor de serviços é muito forte, e temos trabalhado muito para facilitar a instalação de novas empresas e oferecer toda a estrutura necessária para que possam crescer e gerar mais empregos”, afirmou Pelé.
No país, segundo o Caged, foram criados 173.139 empregos com carteira assinada em fevereiro, o melhor desempenho para o mês desde 2014, quando foram abertas 260.823 vagas formais. No mês, foram 1,453 milhão de admissões e 1,280 milhão de demissões.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE