Nova Odessa atinge 22,5% de vacinados contra Covid-19

As equipes da Prefeitura de Nova Odessa que atuam na Campanha de Vacinação Contra a Covid-19 aplicaram nesta sexta-feira (11/06) mais 405 doses dos imunizantes, atingindo a marca de 19.691 doses aplicadas desde janeiro. Foram mais 390 primeiras doses, totalizando 13.747 pessoas com ao menos uma vacina, além de mais 15 segundas doses, totalizando 5.944 novaodessenses já com o esquema vacinal completo.

A cidade, chegou, assim, a 22,5% da população com ao menos uma dose, e 9,7% com ambas as doses. Além disso, novos grupos passam a ser vacinados na cidade. Neste sábado (12/06), a equipe atende no Ginásio do Jardim Santa Rosa das 8h às 12h, para imunização de todos os grupos atualmente no calendário (veja abaixo).

Grupos

Além das segundas doses, vêm sendo vacinados em Nova Odessa atualmente os portadores de deficiências permanentes a partir dos 18 anos com BPC (Benefício de Prestação Continuada), os adultos com as comorbidades indicadas pelo Ministério da Saúde e idades entre 30 a 59 anos e os idosos de 60 anos ou mais que eventualmente ainda não tomaram a primeira dose.

Nesta semana, passaram a ser vacinados também os adultos com comorbidades de 18 a 29 anos (desde 07/06), as grávidas e puérperas (nas UBSs – Unidades Básicas de Saúde, desde 09/06) e os profissionais da Educação de 45 e 46 anos com o QRCode emitido pelo sistema de cadastramento do Governo do Estado (desde 09/06).

Desde quinta-feira (10/06), passaram a ser imunizados com a primeira dose também os portadores de deficiências permanentes a partir dos 18 anos sem BPC. Finalmente, desde sexta-feira (11/06), passaram a ser imunizados também os profissionais da Educação de 18 a 44 anos com QRCode.

Mês de nascimento

Quem está nestes grupos pode continuar procurando a equipe que atua no Ginásio do Jardim Santa Rosa, nos dias úteis, das 8h às 15h45, para receber a vacina – além de todos que ainda precisam tomar a segunda dose, seja na data marcada na “caderneta” ou dia útil seguinte, ou mesmo após essa data de retorno.

Em todos estes casos, para evitar aglomerações no Ginásio de Esportes do Jardim Santa Rosa, os novaodessenses devem comparecer ao local no dia da semana reservado para seu mês de nascimento. Assim, quem nasceu em janeiro, fevereiro ou março será vacinado às segundas-feiras; quem nasceu em abril, maio e junho às terças; os nascidos em julho e agosto às quartas; os de setembro e outubro às quintas; e nascidos em novembro e dezembro às sextas-feiras.

Já as gestantes e puérperas devem ir diretamente à UBS (Unidade Básica de Saúde) onde realizam ou realizaram o pré-natal, ou à qual estão referenciadas, em qualquer dia da semana.

Comorbidades

A lista “atualizada” das comorbidades aceitas inclui: doenças cardiovasculares, insuficiência cardíaca (IC), cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e hipertensão pulmonar, cardiopatia hipertensiva, síndromes coronarianas, valvopatias, miocardiopatias e pericardiopatias, doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas no adulto, próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados, diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves, hipertensão arterial em geral, doença cerebrovascular, doença renal crônica, imunossuprimidos (transplantados, pessoas vivendo com HIV, doenças reumáticas em uso de corticoides, pessoas com câncer), anemia falciforme ou talassemia maior (hemoglobinopatias graves), obesidade mórbida e cirrose hepática.

Também foram incluídas na lista das comorbidades as seguintes doenças neurológicas: doença cerebrovascular (acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico, ataque isquêmico transitório, demência vascular), doenças neurológicas crônicas que impactem na função respiratória indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular, deficiência neurológica grave.

Regras, dicas e dúvidas

Para receber as doses, qualquer pessoa de 18 a 59 anos com as comorbidades aceitas deve apresentar comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório médico, carta, laudo ou prescrição médica do(s) medicamento(s) – sempre com o número de registro do CRM do profissional emissor. Além dos documentos para comprovação da doença crônica (incluindo hipertensão), a pessoa deve levar também CPF e comprovante de endereço recente em Nova Odessa.

As dúvidas de moradores de Nova Odessa sobre a 2ª etapa da Campanha de Vacinação Contra a Covid-19 para grupos prioritários podem ser sanadas através do WhatsApp (19) 99747-6502. O canal responde sempre em horário comercial e nos dias úteis.

A Secretaria de Saúde da cidade ressalta sempre a importância de continuar mantendo todas as medidas de proteção enquanto durar pandemia como formas de combater a disseminação do novo coronavírus, principalmente o uso constante de máscaras, a higienização das mãos com água e sabão ou o uso do álcool em gel a 70% e o isolamento social, evitando-se aglomerações a todo custo.

Saiba mais sobre as regras e exigências para ser vacinado em http://www.novaodessa.sp.gov.br/, https://www.facebook.com/PrefeituradeNovaOdessa/ e https://www.instagram.com/prefeituradenovaodessa/.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE