Nova Odessa. 1,5 mil pessoas ainda podem antecipar 2ª dose da Pfizer

Segundo a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Nova Odessa, 1,5 mil moradores da cidade que tomaram a primeira dose do imunizante contra o coronavírus do laboratório Pfizer ainda podem adiantar a segunda. Esse público não precisa mais aguardar 12 semanas após a “D1”, como previsto inicialmente, e podem tomar a dose que completa o esquema vacinal (e garante a imunização) já a partir da 8ª semana.

Quando o prazo foi reduzido, no final de setembro, eram 3,5 mil novaodessenses nesta condição, mas a maioria já procurou a equipe da Campanha de Imunização Contra a Covid-19, que atua diariamente no Ginásio de Esportes do Jardim Santa Rosa. A “pressa” é porque os lotes disponíveis da Pfizer devem ser utilizados até o final deste mês.

O “adiantamento” da “D2” não se aplica às demais fabricantes, e quem tomou dose inicial da CovonaVac/Butantan ou da AstraZeneca/Oxford deve continuar observando as datas de retorno anotadas na caderneta.

PESSOAL DA SAÚDE

A pasta também reforçou a orientação para que os trabalhadores ativos na Saúde procurem o Ginásio para tomarem a terceira dose dos imunizantes disponíveis. A procura diária ainda está aquém do esperado pela equipe da Vigilância Epidemiológica.

Consideram-se trabalhadores da saúde indicados para receber a dose de reforço os indivíduos que trabalham em estabelecimentos de assistência, vigilância à Saúde, regulação e gestão à Saúde, ou seja, que atuam em estabelecimentos de serviços de Saúde, a exemplo de hospitais, clínicas, ambulatórios, unidades básicas de saúde, laboratórios, farmácias, drogarias.

“A terceira dose está com baixa procura entre os profissionais de Saúde. Peço que os trabalhadores de hospitais, clinicas, farmácias e drogarias procurem o ginásio para receber a vacina”, comentou a coordenadora do órgão, Paula Mestriner.

O atendimento abrange todos os profissionais de Saúde que se imunizaram há 6 meses ou mais, e que devem ser vacinados com a “D3” até o próximo dia 28/10 no Ginásio do Santa Rosa. O profissional deverá comprovar residência em Nova Odessa ou vínculo empregatício em empresa da cidade, além de levar ao Ginásio a carteira de vacinação com a 1ª e 2ª dose há 6 meses ou mais.

IDOSOS NA UBS 6

Os idosos com 60 anos ou mais estão recebendo a “D3” na Unidade de Saúde do Jardim Marajoara, conforme são convocados por telefone. Para o agendamento, as pessoas precisam informar nome completo, data de nascimento, data da 2ª dose da vacina e telefone para contato.

O agendamento desse grupo autorizado a tomar a “D3” também pode ser feito pelas famílias, pelo e-mail [email protected], através do telefone (19) 3466-1104 ou pessoalmente na UBS 6, que fica na Rua Aurélia de Paula Belinatti, nº 69, no Jardim Marajoara.

VACINÔMETRO

A equipe que atua diariamente na Campanha de Imunização Contra a Covid-19 atingiu nesta quarta-feira (13 de outubro) a marca de 80.780 vacinas aplicadas na população da cidade desde janeiro deste ano. Foram mais 667 doses utilizadas no dia, sendo 21 doses iniciais (ou “D1”), 600 “D2” e 46 terceiras doses em idosos, pacientes imunossuprimidos graves e profissionais da Saúde.

Nova Odessa já aplicou, no total, 45.563 primeiras doses das vacinas disponíveis, o que representa 74,75% da população total da cidade, estimada no início da campanha pelo IBGE em 60.956 habitantes. Já são também 34.533 moradores com esquema vacinal completo (duas doses ou dose única), o equivalente a 56,65% da população, e 684 idosos, imunossuprimidos graves e profissionais da Saúde já com a “D3”.

BOLETIM DIÁRIO

O boletim diário da Vigilância Epidemiológica de quarta-feira (13/10) trouxe seis novos casos positivos de Covid-19 em moradores da cidade com relação à sexta-feira anterior, e mais dois pacientes considerados curados, mas sem novos óbitos confirmados pela doença. Há ainda dez moradores internados por causa do coronavírus.

Nova Odessa foi assim a 6.297 casos da doença desde o início da pandemia, em março de 2020, com 5.563 pessoas já consideradas curadas, e permaneceu em 232 óbitos de moradores da cidade (ocorridos tanto em leitos de unidades do Município quanto em hospitais de outras cidades).

CUIDADOS

Como a pandemia continua e os riscos de novas variantes são reais, toda a população deve continuar obedecendo às regras sanitárias de enfrentamento à pandemia, que incluem o uso de máscaras e de álcool a 70% e o distanciamento social, evitando-se aglomerações a todo custo.

Saiba mais sobre a campanha de vacinação e o avanço da pandemia diariamente em www.novaodessa.sp.gov.br/, www.facebook.com/PrefeituradeNovaOdessa/ e www.instagram.com/prefeituradenovaodessa/. O novo hotsite com todas as informações locais sobre a pandemia de Covid-19 e a vacinação está disponível em www.novaodessa.sp.gov.br/coronavirus/.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE