Nova epidemia de HIV/AIDS não está descartada

Foi apresentado ontem pelo Ministério da Saúde o novo boletim epidemiológico de HIV/AIDS no Brasil. O novo relatório apresenta dados ainda mais alarmantes do que havia conhecimento até o momento. Um dos destaques da edição anual do documento ficou por conta do aumento do número de jovens infectados pelo HIV/AIDS. O relatório aponta que o número de pessoas infectadas, na faixa etária entre 20 e 24 anos, mais do que dobrou desde 2000. 
Diante desses números preocupantes, uma grande campanha de conscientização, está sendo lançada pela marca de preservativos Jontex, em parceira com o Fundo PositHiVo, fundo privado nacional de sustentabilidade e um forte aliado no enfrentamento da AIDS e Hepatites Virais no Brasil. A RB, responsável pela marca Jontex, é co-fundadora do Fundo e colabora com a luta contra o HIV/AIDS. 
“O tema prevenção associado ao uso da camisinha precisa ser uma prioridade de todos os elos envolvidos com HIV/AIDS. Cada vez mais, precisamos mostrar, de diferentes formas, por meio de campanhas segmentadas para diversos públicos, especialmente aos jovens que são mais suscetíveis ao contágio, que a doença traz impactos devastadores tanto para a saúde, quanto para a vida social e profissional. Além do tratamento, que terá de ser feito pelo resto da vida e ainda pode causar efeitos colaterais e outros tipos de problemas de saúde, o jovem com HIV/AIDS poderá ter de lidar com o preconceito e a dificuldade de relacionamento com amigos e familiares, situações que nos deparamos diariamente no trabalho feito pelo Fundo PositHiVo”, explica Harley Henriques, coordenador do Fundo PositHiVo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE