NO: Unidade Respiratória inicia atendimento na próxima semana

A Unidade Respiratória de Nova Odessa ??? espaço criado pela Secretaria de Saúde para atender exclusivamente todos os pacientes com doenças respiratórias da rede pública e aqueles com sintomas gripais ou do novo coronavírus (Covid-19) ??? inicia seu atendimento na próxima quinta-feira (23), a partir das 7h. Ela funcionará 24h na antiga UBS 5 do Jardim Alvorada (Rua das Imbuias, 355) e vai contar com equipes formadas por médicos, enfermeiros, farmacêuticos, nutricionistas, assistentes sociais e fisioterapeutas. A partir desta data, quem precisar de atendimento para problemas respiratórios não deve mais procurar o Pronto-socorro do Hospital e Maternidade Doutor Acílio Carreon Garcia ou uma das seis UBS’s (unidades básicas de saúde) espalhadas pelo município e sim, a Unidade Respiratória do Jardim Alvorada.

De início, explica o secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, serão seis leitos para pacientes considerados graves, todos com respiradores (caso necessário) e oito leitos para pacientes leves. “Evidentemente que esse número de leitos vai aumentar gradativamente, de acordo com o cenário vivenciado em Nova Odessa, podendo chegar até 60 leitos nesta Unidade Respiratória. Importante ressaltar que esse espaço, que vai funcionar na antiga UBS 5 do Jardim Alvorada, foi organizado e programado para atender até 60 leitos”, garantiu Cocato.

O secretário de Saúde explica também que a proposta de centralizar os atendimentos para os pacientes com doenças respiratórias e aqueles com sintomas gripais ou do novo coronavírus foi discutida com integrantes da equipe técnica da pasta. “Teremos na Unidade Respiratória alas exclusivas para pacientes com suspeita de coronavírus e alas para o atendimento dos demais pacientes. Uma pessoa que sofre de asma, por exemplo, quando procurar atendimento, será medicada e liberada. Da mesma forma que tem sinusite e precisa passar por uma sessão de inalação. Não havendo a necessidade de internação, esse paciente será liberado”, exemplificou Cocato. “A centralização é necessária, pois conseguimos, com este modelo de atendimento, preservar as UBS’s e o próprio Hospital Municipal, fazendo com que o vírus circule o mínimo possível”, completou o secretário de Saúde

A Unidade Respiratória atenderá pacientes com asma, bronquite, sinusite, gripes e resfriados e possíveis casos de coronavírus. “Já o Pronto-socorro seguirá com os atendimentos de urgência e emergência, preservando os pacientes, a equipe que ali trabalha, mulheres que realizam partos em nossa maternidade e seus bebês”, afirmou Cocato. Com essa centralização, a Secretaria de Saúde também já começa a se planejar para retomar, gradativamente, serviços oferecidos pelas unidades básicas de saúde e que foram suspensos temporariamente, como a vacinação de rotina. “Reforço que, a partir desta quinta-feira, os pacientes com doenças respiratórias, sintomas gripais ou do novo coronavírus não devem mais procurar o Pronto-socorro do hospital ou as UBS’s e, sim, a Unidade Respiratória do Jardim Alvorada”, pediu Cocato.

A Unidade terá segurança, alimentação para pacientes e profissionais, limpeza constante e desinfecção com hipoclorito de sódio feita por equipes do Setor de Zoonoses da Prefeitura e também da Ambipar Group, que ofereceu o serviço gratuitamente ao município. “Na quarta-feira, funcionários da Vigilância em Saúde também percorrerão as casas vizinhas à Unidade Respiratória para conversar e tirar possíveis dúvidas dos moradores. “?? importante salientar que a criação desta Unidade não representa nenhum risco aos moradores vizinhos”, finalizou Cocato.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE