NO. Um paciente falta a cada 7 agendamentos

Um levantamento da Secretaria de Saúde de Nova Odessa apontou que de cada sete agendamentos feitos em 2016, um paciente faltou. O índice é preocupante, segundo o secretário interino de Saúde Vanderlei Cocato, que afirmou que uma Central de Regulação deve ser instalada para otimizar os atendimentos.

“Tivemos 108.306 agendamentos nas UBSs, Ambulatório de Especialidades e Hospital Municipal em 2016. Deste total, 15.398 pacientes simplesmente não compareceram. São pessoas que estávamos aguardando e que, com a falta, acabaram impedido que outros pacientes fossem atendidos”, explicou.
A Central contará, entre outras coisas, com um serviço para confirmação de consultas e procedimentos. “Estamos verificando se este serviço será feito via telefone ou SMS ou ainda algum outro sistema de lembrete”, ressaltou.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE