NO tem ação de prevenção contra Aids

Na data em que é celebrado o Dia Internacional de Luta contra a Aids, a Secretaria de Saúde de Nova Odessa inicia uma ação de conscientização e prevenção à doença. A partir desta quinta-feira, dia 1º, serão realizados nas cinco UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade testes para detecção do vírus HIV e também de sífilis (doença sexualmente transmissível). A programação, que segue até o dia 16 de dezembro, conta ainda com orientações das enfermeiras sobre as doenças.

“Nosso objetivo com esta ação é promover o acesso ao teste e ampliar o número de pessoas que conheçam seu status sorológico, o que é essencial para o combate à doença”, explicou a diretora de Saúde Básica, Glaucia Blumer Paulon. “A testagem é a porta de entrada nesta cadeia de ações de prevenção, tratamento e cuidado”, continuou.
A coleta para os exames será feita diariamente das 8h às 10h. “Pessoas que tiverem interesse em realizar o teste ou que tenham sofrido alguma exposição que possa ter levado à contaminação devem comparecer à UBS mais próxima de sua casa e solicitar o exame”, explicou a diretora.
Além do exame, será feito um trabalho de acolhimento dos pacientes, com orientações sobre as formas de transmissão da doença, os sintomas, período de incubação e outras informações importantes.
A DOEN??A ??? A Aids é transmitida pelo vírus HIV através do sexo (vaginal, anal ou oral) sem o uso de preservativo, uso da mesma seringa ou agulha contaminada por mais de uma pessoa, transfusão de sangue contaminado, instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados e ainda da mãe infectada para o filho durante a gestação, parto ou amamentação.
Para evitar a doença, basta usar camisinha em todas as relações sexuais e não compartilhar seringa, agulha e outro objeto cortante com outras pessoas. O preservativo (tanto feminino quanto masculino) está disponível gratuitamente na rede pública de saúde.
Já a sífilis é uma doença infectocontagiosa, sexualmente transmissível. Ela também pode ser transmitida da mãe para o feto e, se não for tratada precocemente, pode comprometer vários órgãos, causando problemas físicos e mentais na criança. O uso de preservativos durante as relações sexuais é a maneira de prevenir a doença.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE