No reino da fantasia

E o espírito de Natal já está chegando… Não se faz presente somente na decoração dos shoppings centers, mas também nas telas do cinema. Uma prova disso é o filme ‘O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos’. Dirigido por Lasse Hallström e Joe Johnston, funciona no sentido de nos levar para o reino da fantasia.

O ponto de partida é claro, é o conto infantil de E. T. A. Hoffmann, ‘O Quebra-Nozes e o Rei dos Camundongos’, transformado, em 1892, em um ballet de dois atos por Tchaikovsky a partir da versão de Alexandre Dumas, pai. Portanto, a narrativa e a dança, além da referência ao clássico filme ‘Fantasia’, da Disney, se mesclam.
No enredo, na noite e Natal, a jovem Clara viaja por quatro reinos em busca de uma chave capaz de abrir um poderoso presente. A jornada leva pelos encantados reinos das Flores, dos Doces, dos Flocos de Neve e o perigoso Quarto Reino. A magia visual fascina e permite um mergulho nessas realidades paralelas ao que consideramos o mundo real.
O grande ensinamento do filme, bem dentro do espírito natalino, está em que apenas o trabalho em grupo permite a vitória em nome do bem da humanidade. Os adversários e as ameaças são afastados pela habilidade de Ana trabalhar junto ao Capitão, um simpático soldadinho e aos camundongos. A união sincera os faz fortes e invencíveis.
Oscar D’Ambrosio é jornalista pela USP, mestre em Artes Visuais pela Unesp, graduado em Letras (Português e Inglês) e doutor em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE