NO recebe etapa da ‘9ª Copa de Vôlei Adaptado

Nova Odessa recebe no próximo sábado, dia 23, etapa de jogos da ‘9ª Copa de Vôlei Adaptado Amigos da Melhor Idade’, promovida pela Prefeitura de Águas de São Pedro. São esperados aproximadamente 300 atletas, de seis cidades diferentes, para a rodada de partidas tanto do masculino quanto do feminino. Nova Odessa já obteve títulos desta competição, que ajuda na preparação para o Jori (Jogos Regionais dos Idosos), organizado pelo Governo do Estado de São Paulo.

Os jogos ocorrerão a partir das 8h no Ginásio Municipal de Esportes ‘Jaime Nércio Duarte’, no Jardim Santa Rosa, onde estarão disputando as equipes femininas dos municípios de Areiópolis, Itatiba, Itu, Limeira, Nova Odessa e Sorocaba. E no Ginásio Municipal de Esportes ‘Osvaldo Bassi’, no Jardim Santa Luiza, competem os times masculinos de Itatiba, Itu, Limeira, Nova Odessa e Sorocaba.

A nova edição da ‘Copinha’, como é conhecida, teve início em abril e a abertura oficial ocorreu no Centro de Convenções da cidade-anfitriã, com a presença de representantes das 17 cidades participantes: Águas de São Pedro, Americana, Areiópolis, Boituva, Campinas, Casa Branca, Cerquilho, Itatiba, Itu, Limeira, Nova Odessa, Paulínia, Rafard, Salto, Santa Bárbara d’Oeste, Sorocaba e Tatuí.

Até novembro, o torneio reunirá 600 atletas e as equipes estão divididas em categorias: 50 anos (feminino), 58 anos (feminino e masculino) e 69 anos (feminino e masculino). A Copa é realizada ao longo de oito meses, passando por alguns dos municípios participantes. Em setembro (dia 29) e na final nos dias 10 e 11 de novembro, os jogos acontecem novamente na estância de Águas de São Pedro.

A Copa é disputada em séries (Diamante, Platina, Ouro, Prata e Bronze) e tem entre seus objetivos a confraternização das equipes, o estímulo ao turismo e o crescimento do esporte na região. Alguns conceitos trabalhados são espírito esportivo, competição justa, disputa amigável e jogo limpo. As medalhas concedidas pelo evento são ecologicamente corretas, feitas de material reciclado originado de garrafas pet.

O vôlei adaptado recentemente ganhou o nome oficial de “Minobol” e é praticado com sucesso pelos idosos novaodessenses, que têm no currículo também títulos e vice-campeonato no Jori. “O Clube da Melhor Idade oferece toda a estrutura para que eles possam praticar o esporte”, destaca o secretário de Esportes, Lazer, Cultura e Turismo, Levi Tosta. “O nosso vôlei adaptado é uma potência”, reforça.

“Buscamos promover a integração das pessoas e difundir a prática do esporte, que traz ganhos para a saúde física e emocional dos idosos”, ressalta a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Andréa Souza. “O idoso que pratica esporte cuida mais da saúde e ganha em qualidade de vida. Por isso o cuidado promovido pelo Clube da Melhor Idade é integral”, completa.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE