NO: Pref. troca rede de água e ligações

A Coden (Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa), responsável pelos serviços de água e esgoto, recebeu a confirmação de um recurso de R$ 2,456 milhões para substituir 7,6 mil metros lineares da rede de distribuição de água tratada e de 1.298 ligações domiciliares no Jardim Santa Rosa. Com valor total de R$ 2,995 milhões, a obra vai ocorrer em um trecho complementar do bairro, a chamada ‘Fase 2’. A expectativa é que o convênio seja assinado até o final do ano e o próximo passo será então a abertura de licitação para a obra.

O recurso a fundo perdido é oriundo da Cobrança PCJ Paulista, liberado pela Agência das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ), com aval dos Comitês PCJ. A diferença para o valor total, de R$ 539 mil, é a contrapartida municipal para a realização da obra. A verba vai custear a troca de parte do Jardim Santa Rosa, onde as redes de distribuição ainda são de cimento e PVC, com ligações de ferro galvanizado.
Dentre as substituições realizadas anteriormente pela Coden estão os bairros Jardim Bela Vista, Santa Rosa (parte inicial), ??den, Vila Azenha, Flórida, Fadel, São Manoel, São Jorge e Centro. A medida é necessária devido ao alto índice de vazamentos no trecho, que se intensificou após a substituição da rede na região (‘Fase 1’). O fato ocorre devido ao aumento da pressão da rede de água.
A obra é necessária também em razão do grande número de ligações e derivações existentes nos lotes do Jardim Santa Rosa, que somadas totalizam 1.298 unidades domiciliares. A substituição inclui 6.226,57 metros lineares de tubulação, com diâmetros de 63 milímetros, através do mesmo caminhamento, além de 1.413,29 metros, de mesmo diâmetro, através do sistema de perfuração direcional.
“O objetivo na troca de rede é modernizar o material e evitar vazamentos, o que contribui na redução das perdas físicas de água tratada. As tubulações de PVC, da rede, e de ferro galvanizado, das ligações domiciliares, serão substituídas por PEAD (Polietileno de Alta Densidade), material com maior durabilidade e garantia de 100 anos”, destaca o diretor-presidente da Coden, Ricardo Ongaro.
Presidente do Consórcio PCJ, o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza ressalta a importância da obra. “?? um investimento que vai economizar este bem tão precioso que é a água”, frisa. “Apesar do grande alcance, é uma obra que fica debaixo da terra e acaba pouco vista aos olhos do público. Mas fazemos questão de melhorar a qualidade de vida da população atual e para as futuras gerações”, completa.Recentemente as perdas de água tratada na rede em Nova Odessa foram reduzidas para 25%. A ideia é chegar ao índice de 20%, meta do Plano Diretor de Combate às Perdas de Água Tratada, até o ano 2020, que já soma mais de R$ 35 milhões em investimentos como a troca de rede nos diversos bairros, além da substituição de adutoras e de hidrômetros, o controle de pressões e a setorização.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE