NO: IPTU sem aumento real e com desconto à vista

Assim como aconteceu em 2019, o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) em Nova Odessa não terá aumento real em 2020, apenas a correção inflacionária. O percentual estabelecido pela Secretaria de Finanças e Planejamento foi 4,31%, que corresponde a inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) entre janeiro e dezembro de 2019. A primeira parcela e a cota única do IPTU terão vencimento somente no dia 10 de março, o que garante ao contribuinte um “fôlego” importante em razão de outros impostos que chegam neste início de ano, como o IPVA, por exemplo. O desconto para os contribuintes que optarem pelo pagamento à vista será de 10%.
O IPTU é uma das principais fontes de arrecadação da Prefeitura e é usado no custeio de serviços de Saúde, Educação, Merenda e folha de pagamento dos servidores, além de obras de infraestrutura. Os carnês começarão a ser confeccionados nos próximos dias e a entrega terá início na segunda quinzena de fevereiro, por uma empresa contratada pela prefeitura. A Administração também disponibilizará o documento para consulta pela Internet, no site www.novaodessa.sp.gov.br.
“?? bom ressaltar que, desde o ano passado, o IPTU pode ser pago entre março e dezembro para os contribuintes que optaram pelo parcelamento. Fizemos essa alteração pensando no contribuinte, que terá um fôlego, levando-se em consideração que janeiro é mês um pouco mais complicado em razão do IPVA e da compra do material escolar para uma boa parcela da população”, explica a secretária de Finanças e Planejamento, Mara Beatriz Kilmeyers.
Ainda de acordo com a secretária, em 2019 foram lançados 26 mil carnês, com previsão de arrecadação em torno de R$ 20 milhões – a pasta ainda trabalha no fechamento destes números. Neste ano, serão lançados 28 mil carnês de IPTU, com previsão de arrecadação superior a R$ 21,1 milhões. “Não é necessário vir ao Paço Municipal para retirar o carnê do IPTU. Os documentos serão entregues nas casas, mas os moradores que desejarem podem também consultar o valor do tributo com toda comodidade no site da Prefeitura”, reforçou Mara.
Assim como aconteceu em 2019, o pagamento pode ser feito nos bancos Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Santander e Itaú. “Estas instituições contam com diferentes canais de atendimento como caixas eletrônicos, correspondentes bancários, internet, entre outros, para o pagamento. Moradores que eventualmente não receberem o carnê do IPTU até a data do primeiro vencimento também podem obter a guia para pagamento diretamente no site da Prefeitura de Nova Odessa (www.novaodessa.sp.gov.br).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE