Edit

NO: Conferência da Saúde debate diretrizes e melhorias

A Secretaria de Saúde de Nova Odessa e o Comusa (Conselho Municipal de Saúde) realizaram nesta segunda-feira (8) a 5ª Conferência Municipal de Saúde, cujo tema foi “Democracia e Saúde”. O evento, aberto ao público em geral, foi realizado na Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais). Realizada a cada quatro anos, a conferência contou com a representação de vários segmentos sociais e serviu para avaliar a situação de saúde, através do SUS (Sistema ??nico de Saúde), e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde nos níveis correspondentes.

A etapa municipal é preparatória para a 16ª Conferência Nacional de Saúde, que será realizada pelo Ministério da Saúde, de 4 a 7 de agosto, em Brasília. “Estamos hoje aqui reunindo pessoas que realmente conhecem e fazem uso do SUS. São gestores, trabalhadores e a comunidade. Acredito que o envolvimento de todos resultou em excelentes debates. Saímos com propostas pautadas em melhorias, ampliações de serviços e melhor aproveitamento das estruturas atuais”, disse o secretário de Saúde Vanderlei Cocato.

Pela primeira vez, a conferência recebeu uma palestrante de fora para tratar o tema deste ano, que foi “Democracia e Saúde” e seus eixos temáticos “Saúde como Direito”, “Consolidação dos princípios do Sistema ??nico de Saúde (SUS)” e “Financiamento do SUS”. A enfermeira Vera Lúcia Barros, mestre em Saúde Pública, apontou a importância da ação no município. “Este momento é fundamental para o verdadeiro sentido da democracia e hoje trouxemos os principais pontos”, disse ela.

Em parceria com a Secretaria de Saúde, o Comusa já realizou encontros nas unidades básicas de saúde 6 (Novos Horizontes), 4 (Jardim São Francisco) e 5 (Alvorada), como pré-conferências. “Nesses eventos, já pudemos aproveitar orientações e reflexões para incluirmos em nossa pauta de conferência”, ressalta a presidente do Comusa, Maria de Fátima Dalmédico, a Chiquita. “Este evento é o ponto de encontro daqueles que querem lutar por melhorias constantes. Em saúde, nunca se pode parar. A ordem é avançar sempre”, endossou Cocato.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE