Edit

Nathália quer bueiros inteligentes e Leonora 30h pra enfermagem

A vereadora Nathália Camargo (Avante) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que solicita ao Poder Executivo estudos para instalação de bueiros inteligentes no município. No requerimento, a parlamentar destaca que esses bueiros possuem uma espécie de filtro que permite a passagem da água mas retêm o material sólido, evitando que sujeiras e dejetos caiam na rede pluvial e causem entupimento. “Em alguns casos, pode haver um equipamento eletrônico instalado no filtro do bueiro inteligente que avisa a central quando o lixo alcança 80% da sua capacidade, permitindo a limpeza e desobstrução. O objetivo da instalação desses bueiros inteligentes é evitar o entupimento da rede pluvial, que provoca inundação e enchentes”, frisa a autora.

Nathália menciona que há duas leis municipais que tratam do tema. A lei 5.228/2011, que dispõe sobre de instalação de grades de proteção em bocas coletoras de águas pluviais, e a lei 6.350/2019, que autoriza a implantação do programa Bueiro Ecológico, como forma de prevenção às enchentes e alagamentos.

No requerimento, a vereadora questiona se o Poder Executivo possui estudos para implantação de bueiros inteligentes no município e sobre os bairros mais afetados por enchentes e inundações no município.

 

Leonora pede redução de carga horária de 30h pra enfermagem

A vereadora Leonora Périco (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana uma moção de apelo ao prefeito Chico Sardelli (PV) solicitando a aplicação da Lei Municipal nº 5.627/2014, que reduz a carga horária dos profissionais da área de enfermagem para 30 horas semanais. Na moção, a parlamentar destaca que a redução da jornada de trabalho está prevista na legislação há muitos anos e que os profissionais da área buscam a sua regulamentação. “É uma luta de vários anos da categoria e nosso apelo é para que, com a estruturação do sistema de saúde, essa redução de carga horária seja aplicada beneficiando os servidores”, frisa a autora.

 

Juliana cobra prevenção e enchente e Nathália, linguagem de sinais

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE