‘Nas Trilhas da Cidadania’ aberta no Museu da Imigração

A exposição “Nas Trilhas da Cidadania” foi aberta oficialmente nesta terça-feira (3), no Museu da Imigração, no Centro de Santa Bárbara d’Oeste. Os painéis com registros fotográficos mostram o resultado das ações realizadas por 150 alunos de escolas municipais, que foram planejadas com o objetivo de transformar o contexto escolar e o meio em que vivem. O projeto “Tribos nas trilhas da cidadania” foi promovido em cinco escolas pela ONG “Parceiros Voluntários”, com o patrocínio da Denso do Brasil, por meio da Lei Roaunet e parceria da Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste. A exposição integra a programação de aniversário da cidade.

“Estou muito feliz com o projeto porque ele ajuda as pessoas envolvidas a serem melhores, a pensarem no outro e no meio em que vivem. ?? nessa educação que o prefeito Denis Andia acredita, a que transforma. Agradecemos por esta parceria de cidadania e nosso desejo é que se estenda para outras crianças e adolescentes da rede municipal”, disse a secretária de Educação, Tânia Mara da Silva.

“Buscamos, por meio da Lei Roaunet, impulsionar projetos e ações que contribuam para a comunidade e que possamos acompanhar os resultados”, declarou a gerente de Recursos Humanos da Denso, Melissa Gonçalves. O gerente de comunicação corporativa da Denso na América Latina, Renan Bertallia Sorrila, completou com um recado para as crianças. “Que tudo que vocês aprenderam e vivenciaram vocês levem para a vida de vocês”, disse.

O coordenador executivo da ONG Parceiros Voluntários, Guilherme Borba, acredita no protagonismo. “Nosso intuito é aguçar o sentimento de pertencimento à comunidade. E cuidando do nosso meio, da escola, a gente cuida do outro. As ações ‘mão na massa’ ficam e se multiplicam”, disse. “Foi transformador acompanhar estas crianças, os pequenos passos que deram serão passos maiores no futuro”, completou Lucas Rodrigues Muniz, analista senior de projetos sociais da ONG.

A exposição reúne atividades voluntárias dos eixos Educação para a Paz, Meio Ambiente e Cultura. O projeto teve como objetivo estimular o protagonismo juvenil com base em valores como a ética, a solidariedade, o respeito pela diversidade, a sustentabilidade e o empreendedorismo social. As 50 imagens expostas foram clicadas pelos próprios alunos, que também participaram de oficina de fotografia realizada pelo MIS (Museu da Imagem e Som), parceiro do projeto. Participaram estudantes dos CIEPs “Leonel de Moura Brizola”, “Angélica Sega Tremocoldi”, “Therezinha de Castro Pacheco Sbravatti”, “Charles Keese Dodson” e “Carmelina Pellegrino Cervone”.

O Museu está localizado na Rua João Lino, 371, no Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3455.5082.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE