Nadadora e modelo morre atropelada no RJ

A modelo e ex-nadadora Sarah Corrêa, de 22 anos, medalhista do último Pan, morreu neste sábado (2), após ser atropelada e ficar internada em estado gravíssimo no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul do Rio. A informação foi confirmada pela assessoria da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).
Maria Fatima Alves Gonçalves, mãe da atleta, foi ao Facebook no começo da madrugada e contou que a filha estava em “estado de morte cerebral”. Ela chegou a afirmar que a filha foi “assassinada” e pediu  “Minha filha foi assinada por mais um maluco bêbado do trânsito dessa cidade quero justiça e não vou descansar enquanto não acabar com esse cara”. A assessoria da Secretaria Municipal de Saúde afirmou que a jovem morreu em decorrência de falência múltipla dos órgãos.
O atropelamento aconteceu na Estrada dos Bandeirantes, na zona oeste da cidade, às 18h do dia 1º. O motorista estava supostamente bêbado e fugiu sem prestar socorro à vítima. Ela estava acompanhada de Paulo Soares, de 58 anos, que morreu no local.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE