Nadador baleia rouba cena nos 100m

O público brasileiro já elegeu um novo ídolo na natação dos Jogos Olímpicos. Ele não briga por medalhas ??? longe disso -, mas exala carisma. Trata-se do nadador etíope Robel Kiros Habte, provavelmente o pior dos 100 metros livre das eliminatórias da prova.
Habte já conquistou a torcida antes mesmo de cair na piscina. O atleta da Etiópia chegou para nadar de chinelão, bermuda e camiseta, bem diferente dos agasalhos e fone de ouvidos modernos dos outros nadadores. Além disso, a forma física do nadador chamou a atenção. Habte está bastante acima do peso, ainda mais se comparado com os outros nadadores.
Quando caiu na água, o nadador de 24 anos mostrou a sua limitação ao bater na beira da piscina depois de 1min04s95, bem atrás dos concorrentes. Johnny Perez Ureña, da Republica Dominicana, fez 51s50 e o marfinense Thibaut Danho fez 52s78.
O recorde mundial da prova é de Cesar Cielo, que cravou a marca de 46s91, em 2009. Já Habte foi convidado pela organização para competir.
A natação costuma ver grandes momentos de superação. Quem não se lembra de Eric Moussambani, Guiné Equatorial? O atleta nadou os 100m livres nos Jogos de Sydney com o tempo de 1min52s72 e levou a torcida da Austrália ao delírio.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE