Mundo corre risco de epidemia de Parkinson

Investigadores dos EUA e da Holanda comunicaram que no futuro
próximo o mundo será atingido por uma pandemia da doença de Parkinson (DP) por
causa da situação demográfica e outros fatores, segundo a editora IOS Press. Perturbações
do sistema nervoso são uma das principais causas de invalidez, mas a maior
proliferação nas últimas décadas tem sido da doença de Parkinson, para a qual
ainda não há meios de cura.

A DP é uma doença degenerativa crônica do sistema nervoso
central que afeta principalmente a coordenação motora. A doença é causada pela
morte de neurônios que produzem dopamina e leva a tremores, rigidez muscular e perda
de equilíbrio. Desde 1990 até 2015 o número de doentes ultrapassou a meta de 6
milhões. Segundo as avaliações dos cientistas, até 2040, devido ao aumento da
idade média da população, esse número pode atingir 12 milhões.

Entre os fatores que aumentam o risco da DP também estão a
industrialização crescente, os pesticidas, dissolventes e metais pesados no
meio ambiente. Além disso, estudos mostram que a probabilidade de doença é mais
alta em pessoas que não fumam, mas ainda falta provar se existe alguma relação
causa-efeito. Segundo os especialistas, a pandemia é evitável mas isso exigiria
grandes esforços na busca de tratamento, profilaxia e cuidados com os doentes.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE